Camarote
14/12/2017 13:01:14, escrita por SERRANOSSA

Ragazzi Dei Monti recebe Prêmio Vítor Mateus Teixeira 2017

O Ragazzi Dei Monti recebeu o Prêmio Vítor Mateus Teixeira 2017 na categoria Conjunto ou Intérprete de Música Ítalo-rio-grandense. A solenidade de entrega ocorreu no dia 6 de dezembro, no Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre.

Esta premiação foi instituída pela Assembleia Legislativa, através da resolução nº 2708, de 19 de agosto de 1997, e tem como objetivo o reconhecimento e a valorização dos artistas gaúchos que contribuem para a preservação e fortalecimento da riqueza cultural. A indicação do grupo Ragazzi Dei Monti foi feita pelo Deputado Estadual Gilmar Sossella (PDT), acolhida por um colegiado de músicos, compositores e representantes de artistas gaúchos, bem como pela unanimidade dos deputados estaduais.

Há quase 27 anos o grupo realiza um trabalho que busca preservar a memória da história italiana através de CDs, DVDs e espetáculos. O propósito é de divulgar não somente o município, mas também a região e o estado no Brasil e internacionalmente, como na Itália.

Com este mérito, o Ragazzi Dei Monti acumula algumas premiações significativas em sua história, dentre elas o Mérito da Cultura Gaúcha – outorgado pela Secretaria de Estado da Cultura; o Mérito Talian – da Federação Ítalo Brasileira do Estado do RS; a Medalha de Honra ao Mérito Padre José Ferlin – da Câmara de Vereadores de Monte Belo do Sul; o 1º CD de Ouro da música folclórica italiana no Brasil, entre outros.

Para o diretor, cantor e compositor Alvaro Manzoni, o segredo destes méritos se deve a um trabalho sério realizado com humildade e fé, enfrentando as mais diferentes adversidades. “É preciso gostar do que se faz, assim as dificuldades são superadas. Devemos sempre ter em mente que não se busca o sucesso, ele vem automaticamente se você está preparado para recebê-lo. A nossa cultura é linda, cheia de histórias e de memórias, preservá-la é uma obrigação em favor de valorizar uma herança que nos foi deixada com tanto carinho”, afirma Manzoni.

A composição atual do grupo é: Alvaro Manzoni – cantor, compositor e diretor; Mara Eluiza Manzoni Ulina – Cantora; Juliano Navarini – Acordeonista e tecladista; Leandro José Rodrigues dos Santos – Baterista; Cristiane Marques de Almeida – Cantora; Isaías de Almeida – Guitarrista; e Jair Graebin – Contrabaixista. O Ragazzi Dei Monti ainda conta com os trabalhos de Nelso Uliana, Gilberto Ferrari (Ferrani Sonorizações) e Fabrício Zanco, que são a equipe técnica mais diretamente ligada ao grupo.



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA