Economia
03/05/2018 11:08:58, escrita por SERRANOSSA

Ano começa com saldo positivo na geração de empregos

A crise econômica que assolou o país, o Estado e o município nos últimos anos, aos poucos dá sinais de estar ficando para trás. Em Bento Gonçalves, 2018 iniciou com saldo positivo na geração de empregos: foram criados 566 postos formais de trabalho, uma variação de 1,47%. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados na última semana.

A indústria de transformação foi a que mais contratou, com a geração de 316 empregos. Na sequência aparecem o setor de serviços, com 230 postos de trabalho abertos, e a construção civil, com 33 novas admissões. Entre os desligamentos, o maior número ocorreu no comércio, com nove postos de trabalho fechados, seguido por agropecuária (-3) e extração mineral (-1). 

No mesmo período de 2017 a diferença entre demissões e admissões também havia sido positiva, mas em menor proporção: 163 novas vagas. Embora nos últimos dias meses o saldo se mantenha positivo (78), o ano de 2017, entretanto, foi negativo para a geração de empregos, com a redução de 330 vagas com carteira assinada. Os maiores desligamentos ocorreram no setor de serviços (-110), na indústria de transformação (-105) e na construção civil (-84). O cenário, entretanto, tem melhorado se comparado aos anos anteriores. Em 2015 – o pior ano desde 2002 – foram 1.933 postos de trabalho a menos, e em 2016, 1.598 vagas encerradas.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA