Geral
01/05/2018 10:06:25, escrita por SERRANOSSA

Sete empresas se cadastram para construir usina de resíduos sólidos urbanos em Bento

Sete empresas manifestaram interesse na implantação de uma usina para tratamento e eliminação dos resíduos sólidos urbanos em Bento Gonçalves e entregaram a documentação necessária à secretaria de desenvolvimento Econômico. A documentação será analisada pelo Comitê Gestor na próxima segunda-feira, 8, para validação das inscrições, com posterior publicação dos candidatos aptos no Diário Oficial.

Eles devem apresentar suas propostas em até 90 dias. Após este prazo, os projetos serão analisados pelo comitê, no período máximo de 30 dias, para posterior publicação do edital para concessão do projeto escolhido.
 
Segundo o secretário da pasta, Sílvio Bertolini Pasin, a previsão é que o edital para a construção da usina seja lançado em abril e que ela inicie seu funcionamento em dezembro de 2018.
 
O projeto desenvolvido pelas secretarias de Desenvolvimento Econômico, de Meio Ambiente, de Finanças, de Administração e Governo, Procuradoria Geral e Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (Condebento), visa transformar os resíduos em energia alternativa, e consiste na concessão do uso de terreno pelo Poder Público, tendo como contrapartida da empresa, a construção e administração do local. O contrato será de 25 anos.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA