Geral
17/05/2018 11:07:39, escrita por SERRANOSSA

Prefeitura cobra da Corsan agilidade para tapar buracos

A prefeitura de Bento Gonçalves está cobrando da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) agilidade na conclusão de obras em passeio e via pública. De acordo com informações da própria empresa, a conclusão de algumas obras estão em atraso desde o mês de fevereiro. 

A administração municipal tem recebido diversas reclamações de moradores solicitando a conclusão de obras que são de responsabilidade da Corsan. Desta forma, a mesma já foi notificada, através da Lei Municipal 3.193, que dispõe sobre a obrigatoriedade na realização de reparos em qualquer dano, causado por empresas públicas ou privadas, ou pessoas físicas nas vias públicas de Bento Gonçalves. A empresa foi notificada ainda na terça-feira, dia 15, e tem o prazo de 72 horas para proceder aos reparos dos danos causados. As empresas e pessoas que não atenderem a solicitação do Executivo serão autuadas em 100 vezes a URM. Em caso de reincidência, a autuação será de 200 URM.

"Hoje fazemos cerca de 150 intervenções mês, o que ocorreu é que foi ficando para trás o fechamento de muitas. Já solicitamos à empresa terceirizada para que cumpra o prazo e conclua as que estão em atraso antes de iniciarmos as novas obras", informou o gestor da Corsan de Bento Gonçalves, Marciano Dal Pizzol.

Segundo o secretário de Administração e Governo, Ênio De Paris, outra solicitação da prefeitura é para que a empresa sinalize o local das obras, evitando mais transtornos para a comunidade.

 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA