Geral
07/10/2018 13:15:34, escrita por SERRANOSSA

Passeio Cronometrado dos Vinhedos é destaque na Serra Gaúcha

As estradas da Serra Gaúcha ficaram mais belas no último sábado com a passagem de mais de uma centena de veículos antigos que participaram do 7º Passeio Cronometrado dos Vinhedos e do 1º Passeio de Regularidade de Scooter Histórica dos Vinhedos. Organizado pelo Veteran Car Club dos Vinhedos em parceria com a Confraria Vespa Motor Club, o evento é considerado o maior do Brasil em número de participantes. Neste ano, marcaram presença equipes de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Também houve a participação de uma dupla vinda de Buenos Aires.

A movimentação proporcionada pelo evento de caráter histórico cultural iniciou na sexta-feira à noite, quando os antigomobilistas participaram do coquetel de boas-vindas na vinícola Peterlongo, em Garibaldi. Além da recepção festiva, o momento serviu para a retirada do material que compõe o kit de inscrição. No dia seguinte, todos inscritos se deslocaram até a Vinícola Salton, no distrito de Tuiuty, em Bento Gonçalves, para a saída. Às 8h45min partiu o veículo nº 001, um Willys Overland Touring Car 91, ano 1923, na categoria Vintage até 1930, que teve quatro veículos no total.

Na sequência, foi a vez das scooters. Vespas e Lambretas, totalizando 15 veículos, foram a novidade do evento com a primeira edição do Passeio de Regularidade de Scooter Histórica dos Vinhedos. Com beleza singular, os veículos duas rodas atraíram a atenção das pessoas para completar o trajeto de 190 quilômetros com passagem por Garibaldi, Carlos Barbosa, São Pedro da Serra e retorno a Bento Gonçalves.

Às 9h21 começou a saída dos veículos fabricados a partir de 1931. Com variadas cores, formas e tamanhos, os carros iniciaram um desfile de charme e beleza pelas estradas da Serra Gaúcha. A planilha levou os participantes a percorrerem o distrito de Faria Lemos, com descida para a Linha Alcântara, onde os inscritos costearam o Rio das Antas para chegar à comunidade de Santa Bárbara, já no município de São Valentim do Sul.

O retorno levou carros e scooters à primeira parada para visita em vinícola, na Dal Pizzol. Instantes depois todos já estavam passeando pelo Vale dos Vinhedos, seguindo pela Garibaldina, onde puderam conhecer mais um empreendimento vinícola, a Courmayer. Após agradável parada, os participantes seguiram para Garibaldi para acessar a BR 470 com destino à Casa Borsoi, em Carlos Barbosa, onde todos almoçaram.

A continuidade do passeio cronometrado levou a beleza dos veículos antigos para uma parada no FestiQueijo e uma visita ao varejo da Tramontina, no centro da cidade barbosense. Em seguida, o prazer em conduzir os clássicos fez os participantes irem até a cidade de São Pedro da Serra, onde foram recepcionados pelas princesas da Kappesbergfest e moradores da cidade que ofereceram lanche a todos.

A diversão em dirigir os veículos continuou no retorno a Bento Gonçalves, onde os participantes foram recepcionados na Fundaparque para um tradicional brinde com espumante e entrega dos equipamentos que controlam a regularidade dos participantes.

À noite, em jantar festivo no Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves, aconteceu o reconhecimento aos veículos mais regulares do passeio cronometrado. No total, foram sete categorias divididas por ano de fabricação dos automóveis: Vintage (até 1930), Pós-Vintage (1931 a 1945), Pós-Guerra (1946 a 1960), Contemporâneos I (1961 a 1970), Contemporâneos II (1971 a 1980), Contemporâneos III (1981 a 1988) e Scooter (até 1988). A ocasião também serviu para a entrega de doação financeira com fins sociais para Cristiane Larentis e Fundação Consepro de Apoio à Segurança Pública de Bento Gonçalves.

Em 2019, o Passeio Cronometrado dos Vinhedos acontecerá no dia 6 de julho.

 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA