Negócios
07/10/2018 13:00:49, escrita por SERRANOSSA

Rinaldi lança pneu com maior rendimento quilométrico

A Rinaldi apresenta ao mercado o Super Street SS 48 – novo modelo em sua linha On Road. O pneu se destaca pelo maior rendimento quilométrico graças a um composto exclusivo desenvolvido pela marca. Uma solução que contribui com a segurança nas estradas, maior economia e menor impacto no meio ambiente.

Segundo o gerente de tecnologia e qualidade, Silvio Grecco, o SS 48 ainda possui estrutura resistente, oferece excelente tração e dirigibilidade. “É um pneu mais competitivo para motos de baixa cilindrada, com visual moderno. Sem dúvidas, a melhor opção em termos de custo/benefício”, explica.

E além da vida útil prolongada do próprio modelo, vale ressaltar que a Rinaldi oferece cinco anos de garantia contra eventuais defeitos de fabricação, muito mais que os três meses exigidos por lei. Ou seja, prazo que só uma empresa que tem total segurança dos seus produtos poderia oferecer.

O Super Street SS 48 é disponibilizado nas medidas 2.75-18 (42P), para a dianteira da motocicleta, e 90/90-18 (51P), para a traseira. Entre em contato com o Departamento Comercial da Rinaldi para ter esse sucesso de vendas em sua loja. Pode ser através do telefone (54) 3455 7500 ou ainda pelo celular/WhatsApp (54) 98129 5038.

Sobre a Rinaldi

A Rinaldi iniciou suas atividades em 1969 com a produção de materiais de recauchutagem, em Bento Gonçalves (RS). Já na década de 80, ampliou a produção com as câmaras de ar para as linhas automotiva, transporte e industrial, além de introduzir a fabricação de pneus e câmaras de ar para as linhas de motocicletas, agrícola, industrial (não motorizada) e charretes. A busca pela excelência refletiu em credibilidade no mercado e fortes parcerias. Desde então, a Rinaldi não pára de crescer. Atualmente conta com mais de 700 colaboradores e área fabril de 35.000m². Destaque para a conquista da Certificação da Gestão de Qualidade ISO 9001:2015 e o aval do Inmetro. Na área ambiental, possui o Certificado de Destruição Térmica, por destinar 100% dos seus resíduos sólidos para geração de energia.



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA