Política
27/06/2018 10:12:35, escrita por SERRANOSSA

Câmara terá primeira sessão itinerante do ano

A Câmara Municipal de Bento Gonçalves realiza, às 19h30 dessa quarta-feira, dia 17, a primeira sessão extraordinária itinerante de 2018. Dessa vez, o local será o auditório do bloco B/J do Campus da Região dos Vinhedos da Universidade de Caxial do Sul (UCS), localizado na Alameda João Dal Sasso, nº 800, bairro Universitário. O objetivo do Parlabento, criado pela Resolução nº 210/2017, é aproximar a Câmara e os vereadores da comunidade, levando o Poder Legislativo aos bairros para discutir assuntos relevantes para o município e para o local onde acontece cada reunião.

Na oportunidade, irão fazer uso da tribuna o secretário municipal de Saúde e Governo, Diogo Segabinazzi Siqueira, o diretor acadêmico do Campus da Região dos Vinhedos da UCS professor Fernando Ben e a professora do curso de Direito da mesma instituição Melissa Demari.

Na sessão, também devem ser votados dois projetos de lei enviados pelo Poder Executivo e uma emenda parlamentar a projeto.

A primeira matéria que deve ser apreciada é o Projeto de Lei Ordinária (PLO) nº 74/2018, que pretende autorizar "o município a firmar convênios com órgãos públicos e entidades privadas, visando a cedência de servidores, professores e estagiários municipais". Contudo, antes os vereadores devem votar a Emenda nº 14/2018, de autoria do vereador Gustavo Sperotto (DEM), que visa modificar a redação do artigo 1º da proposição.

Em seguida, deve ir a voto o PLO nº 87/2018, que objetiva alterar a redação do artigo 1º da Lei Municipal nº 6.327/2017, a qual "autoriza a contratação administrativa, temporária e emergencial de servidores". A mudança tem por meta permitir que sejam contratados 55 técnicos de enfermagem, ao contrário dos 35 originalmente previstos na referida norma.

A Sessão Extraordinária Itinerante, que será a terceira realizada após a criação do Parlabento, é aberta à participação da comunidade.



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA