Segurança
12/07/2017 08:36:15

Pioneiro no Estado, Centro Integrado de Operações reforça segurança em Bento Gonçalves

A força da iniciativa privada e de entidades representativas de classe possibilitará a vigilância eletrônica da cidade de forma nunca antes vista em Bento Gonçalves. Apresentado quarta-feira, dia 6, como uma das armas do 3º Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas no combate à criminalidade, o Centro Integrado de Operações (CIOp) é um moderno conjunto de 30 câmeras a monitorar os acessos e as principais ruas da cidade.

Resultado do esforço da Fundação Consepro de Apoio à Segurança Pública de Bento Gonçalves para angariar recursos e financiar os equipamentos que garantirão um monitoramento 24 horas por dia, o CIOp tem a capacidade de vigiar até 13 pontos distintos da cidade num mesmo momento. Mas também pode mostrar num único telão imagens selecionadas a partir da necessidade momentânea da Brigada Militar. “É um avanço muito grande, estamos sendo pioneiros nesta área de tecnologia, com recursos que nem a Capital possui”, elogia o tenente-coronel Glauco Alexandre Braga, comandante do 3º BPAT.

O CIOp deve entrar oficialmente em operação nos próximos 15 dias, tornando-se, além dos olhos da BM sobre a cidade, uma eficaz iniciativa para liberar o policiamento ostensivo. “Teremos condições de fazer tanto a prevenção quanto a resolução de crimes, ganhando em agilidade”, antecipa Braga. O sistema permite filtrar tipos de busca conforme a ocorrência. “Se alguém efetuou um assalto e saiu correndo, ele avisa quais pessoas passaram na frente da câmera e o horário”, exemplificou o comandante, enaltecendo que a pesquisa também pode ser feita com veículos, inclusive com a possibilidade de saber em que situação ele se encontra – roubado, furtado ou com restrições administrativas.

O software de monitoramento das imagens e o sistema de segurança, adquiridos do Contel Grupo, de Garibaldi, atendem a especificações definidas em conjunto pela Brigada Militar, Secretaria Municipal de Segurança e Secretaria Estadual de Segurança. Ao todo, foram investidos R$ 218 mil, com metade dos recursos advindos do Consepro, e a outra parte bancados pelo Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves, pelo Sindmóveis e pela Movergs. “Nós só temos a agradecer a todos que fizeram este investimento. Aos empresários, às entidades, à prefeitura, queria agradecer de coração por juntos termos conquistado este objetivo”, disse o presidente do Consepro, Elton Paulo Gialdi.

O comandante-geral da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal'Lago, elogiou a política propositiva da cidade em somar esforços para auxiliar no combate à violência. “Esse movimento positivo, que iniciou aqui, tem que ter efeito de contágio. Se a gente quer ter resultado diferente, a gente tem que fazer algo diferente. A Brigada Militar quer agradecer à iniciativa privada, ao poder público essa confiança nos órgãos de segurança, o que aumenta a nossa responsabilidade”, disse Dal’Lago.

Para o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, a cidade demonstra maturidade ao apostar de forma conjunta nas prioridades que julga necessárias para auxiliar na resolução dos problemas da sociedade. “Todos estão rumando e remando para o mesmo norte, todos buscando o mesmo caminho. Hoje estamos integrados para que os parcos recursos existentes sejam muito bem investidos”, comentou.

O CIOp, que está em uma sala batizada com o nome da ex-sargento Rosane Robalo, servidora da BM falecida neste ano, estará integrado às ferramentas de segurança municipais, do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha (Cisga) e do Estado. Os equipamentos vão operar de forma combinada às novas câmeras de segurança pública que a prefeitura recentemente adquiriu e, em breve, serão instaladas nas vias do município.

Parcerias resultam em mais conquistas

Outra conquista em favor da segurança pública foi anunciada neste mesmo dia: a doação de uma viatura para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Bento Gonçalves. A entrega do veículo, equipado, é fruto de uma aliança entre o consórcio Cisga e Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), com o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL-BG) e do Sindicato do Comércio Varejista de Bento Gonçalves (Sindilojas), que viabilizaram a aquisição e repasse. 
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA