Segurança
02/09/2018 09:37:16, escrita por SERRANOSSA

Bandidos que atacaram carro-forte fizeram casal de idosos refém no interior de Garibaldi

Dois dos assaltantes que atacaram um carro-forte na BR-470 na última terça-feira, dia 6, e fugiram pela mata após o crime e fizeram um casal de agricultores refém no interior de Garibaldi. Eles estariam a bordo de uma Montana que teria furado um bloqueio policial em Monte Belo do Sul. Segundo informações divulgadas pela Rádio Garibaldi, o fato aconteceu no início da tarde de quarta-feira, dia 7, em Santo Antônio de Araripe. O casal foi obrigado a levar os bandidos até a Viamão, na região metropolitana. 

Em entrevista à reportagem da Rádio Garibaldi, o agricultor contou que estava no salão da comunidade aguardando uma entrega de bebidas quando um homem entrou com uma arma em punho. Em seguida, apareceu outro. Eles abordaram o agricultor e sua esposa, amarraram os dois e disseram que queriam o caminhão da família. O homem se negou a entregar o veículo, mas se ofereceu para levá-los onde ordenassem. Os dois concordaram e um deles buscou uma sacola com armas, incluindo um fuzil, que estava escondida no meio do mato. 

Inicialmente, a dupla mandou o agricultor ir até Barão, depois até Montenegro, e por fim, Viamão. Lá, os assaltantes desembarcaram e deram R$ 12 ao casal – segundo as vítimas, era o único valor que os bandidos tinham. Durante o percurso, a dupla teria admitido participação no assalto ao carro-forte. Eles contaram que se alimentaram de uvas nas horas seguintes à fuga em meio ao mato. Uma informação importante que pode ajudar na investigação é que, além dos dois ladrões deixados em Viamão, haveria ainda dois escondidos na mata, além dos três já detidos. A Montana ainda não foi encontrada.



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA