Segurança
04/10/2018 08:31:47, escrita por SERRANOSSA

Contrato de permuta para construção do presídio é assinado

Mais um passo foi dado para concretização da construção do novo presídio de Bento Gonçalves. Nesta segunda-feira, dia 9, foi realizada, no Palácio Piratini, a assinatura do contrato de permuta para a construção da penitenciária masculina na Linha Palmeiro. A nova casa prisional terá 420 vagas e as obras começam nos próximos dias. A previsão de conclusão é de 10 meses.

O presídio será construído pela empresa Verdi Sistemas Construtivos Ltda em uma área de 5.616,80 metros quadrados, na Estrada do Barracão. O terreno foi dado ao Estado pela prefeitura. Pelo contrato, o investimento é de R$ 30.892.312,74.

A área permutada à Verdi, incluída no Programa de Gestão e Aproveitamento de Imóveis da secretaria da Modernização Administrativa e Recursos Humanos (Smarh), é de propriedade do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer/RS). O terreno fica situado na Rua Eugênio Valduga, 103, bairro São Francisco. O imóvel está orçado em R$ 19,1 milhões. A diferença (R$ 11.792.312,74) será paga com recursos provenientes do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial (Fegep). "O novo presídio de Bento Gonçalves é a quebra de um paradigma. A quebra de um padrão de administração pública para abrir caminho para um novo Estado que concretiza as medidas essenciais e desejadas pela sociedade", disse o secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer. "Este é um conceito deste governo e um projeto de Estado. Colocar o patrimônio público a serviço de ações úteis socialmente para toda a comunidade", ressaltou o titular da Smarh, Raffaele di Cameli.

O governador José Ivo Sartori destacou que a segurança é prioridade da gestão. "Não há como combater o crime sem promover profundas melhorias no sistema prisional. E no caso de Bento Gonçalves, uma parceria público-privada se tornou fundamental para a concretização da obra. Estamos dando um passo muito importante para toda sociedade", afirmou.

O prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, comemorou o resultado, e aproveitou a solenidade para entregar ao governo os alvarás de construção, e a licença ambiental que permitem o início imediato da obra. "O que há anos era uma ideia para tranquilidade da comunidade hoje começa se tornar realidade, com um modelo inovador que possibilitou a troca por bens inservíveis e culminou com essa assinatura. A segurança pública de Bento Gonçalves passa ser escrita em uma nova página. A construção da nova casa prisional, a vinda de novos policiais, a criação da guarda civil municipal, e todos investimentos irão se materializar para uma sociedade melhor. Um dia histórico que reescrevemos de 30 anos para cá", comemora.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA