Segurança
25/04/2018 12:27:52, escrita por SERRANOSSA

Policiais militares são homenageados por ato de bravura em Garibaldi

A coragem e empenho de dois policiais militares em um incidente em 2015 foram reconhecidos em uma solenidade realizada na terça-feira, dia 24. Os então soldados Fábio Rozek e Vânius Morais de Souza foram promovidos ao posto de 2º Sargento pelo ato de bravura pelo Governo do Estado e Comando Geral da Brigada Militar em fevereiro, e homenageados em evento no auditório do Centro da Indústria e Comércio (CIC) esta semana.

A madrugada do dia 22 de dezembro de 2015, em que os soldados atuaram no resgate de 23 idosos em um incêndio na Casa de Repouso Arco Íris, foi lembrada durante a solenidade. Em meio às chamas e fumaça espessa, os dois militares arrombaram portas e janelas para retirar e, muitas vezes, carregar os idosos para fora do prédio, uma vez que muitos estavam acamados ou debilitados. Pela grande quantidade de fumaça inalada, os policiais precisaram ficar internados dois dias em observação.

Ardolino Belleboni e Cenira Schimit, salvos pelos soldados naquela noite, participaram do ato de fixação das divisas, além do prefeito de Garibaldi, Antonio Cettolin, e o delegado da Polícia Civil, Clóvis Rodrigues de Souza. O comandante do 3o Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3o BPAT), major Álvaro Martinelli, referiu-se a Morais e Rozek como heróis e elogiou a mobilização da comunidade garibaldense pela vida dos idosos. “Temos o sentimento de dever cumprido”, concluiu o major.

Em março de 2016, a Prefeitura de Garibaldi entregou a medalha de Ordem do Mérito do Imigrante aos militares, em homenagem pela atuação.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA