Vida & Estilo
08/04/2017 15:56:38

Casa de Apoio da Liga de Combate ao Câncer é facilidade para quem luta contra a doença

Quando Agostinho Mascarello foi diagnosticado com câncer e começou o processo de radioterapia, ele iniciou uma batalha pela vida que exigia muita determinação – e esforço, inclusive por parte de seus familiares. Toda vez que tinha sessões, precisava enfrentar, também, uma maratona de viagens, desde a cidade de São Marcos até Bento Gonçalves, onde fica o centro de oncologia referência na região. Muitas vezes dependendo de transporte coletivo, passa o dia esperando os horários de deslocamento após cumprir seu tratamento. Esse processo, desgastante para uma pessoa enferma, era ainda mais complicado por sua situação clínica – paralítico em decorrência de um primeiro tumor diagnosticado e tratado. 
Foi durante uma de suas internações no hospital que ele e a família descobriram a Casa de Apoio da Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves. Avisados pela equipe de enfermagem sobre a facilidade, logo buscaram mais informações sobre o funcionamento da unidade e surpreenderam-se com o que encontraram. “Venho para a casa e me sinto em um hotel cinco estrelas, pela qualidade da estrutura e, principalmente, pelo atendimento. Não falta nada e sou sempre muito bem cuidado”, conta.
Inaugurada em 2015, a estrutura foi criada com o objetivo de facilitar a rotina e minimizar a necessidade de locomoção e viagens dos pacientes com câncer que estão em tratamento de radioterapia ou quimioterapia. Com funcionamento 24 horas por dia, em seus três andares, a Casa possui 13 leitos, além de três sanitários e espaços como sala de jogos e leitura, rouparia, área de serviço, sala de estar-jantar, escritório, recepção, copa, cozinha, terraço e jardim. Quatro colaboradoras e voluntárias da Liga se revezam para receber e dar suporte aos hóspedes. Enquanto estiverem realizando o tratamento, eles podem permanecer por tempo indeterminado no local, sem qualquer custo. Os pacientes ainda contam com café da manhã, lanche e jantar, além de atividades de interação. “Fruto de um comprometimento com a causa, esta Casa foi construída com todo amor e carinho para semear o bem, minimizar sofrimentos, despertar esperanças, ser guarida para momentos de aflição e principalmente, espalhar vida”, diz a presidente Maria Lúcia Severa.
Toda essa estrutura faz a diferença, positivamente, para quem está lutando contra a doença. No caso de Agostinho, o benefício atende, também, os familiares que o acompanham. A irmã, Justina, conta que a facilidade renova o ânimo e permite focar as energias no tratamento. “Imagino que fazendo aquela rotina constante de deslocamentos não iríamos aguentar, é muito desgastante. Na Casa da Liga encontramos acolhida e um clima positivo, que nos dá força”, diz. Para o irmão, Antônio, a comodidade e a privacidade são alguns dos destaques mais valiosos – uma vez que a família usufrui de quarto individual, com espaço para receber a cadeira de rodas de Agostinho, área para fisioterapia, banheiro e cozinha para o preparo de refeições – tudo isso a poucos metros de distância do hospital. “Foi uma benção”, resume. 
Os interessados em utilizar as dependências da Casa de Apoio da Liga de Combate ao Câncer, localizadas na rua Ramiro Barcelos, 580, no Centro, podem entrar em contato pelo telefone (54) 3452 1299 ou diretamente na sede da entidade, na rua Paraná, 31. 

 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA