Vida & Estilo
25/08/2017 08:00:42

Nove dicas para o efeito do barbear durar mais

Para muitos homens, fazer a barba é sinônimo de irritação e inflamações na pele do rosto. "A maioria deles espalha creme de barbear, passa lâmina e pronto. Eles esquecem que, se a barba for feita da maneira correta, pode durar mais, evitando ressecamento excessivo e os desnecessários pelos encravados", diz a dermatologista Daniela Hueb. Com técnicas simples, é possível conseguir um barbear mais eficiente, com um efeito que dura mais e irrita menos a pele. Veja alguns cuidados que podem garantir melhores resultados.

Não faça a barba no piloto-automático

Antes de qualquer coisa, é preciso se programar para fazer a barba. De acordo com a dermatologista Daniela Hueb, o barbear feito com pressa e sem cuidado nunca dura bastante. Por isso, não deixe para fazer a barba em cima da hora ou sem pensar.

Toalha quente

Mesmo que pareça exagero, colocar uma toalha quente em contato com a pele durante 30 segundos, antes e depois do barbear, é uma boa forma de manter a barba curta por mais tempo. "Ela abre os poros, deixa os pelos mais fáceis de serem cortados e ainda torna a pele mais macia", diz o dermatologista Ademir Júnior. Depois de fazer a barba, ela serve para tirar todo o creme de barbear, os pelos e outras substâncias que podem causar inflamações e irritações na pele.

Faça a barba após o banho

Assim como usar a toalha quente, um bom modo de abrir os poros e conseguir um barbear mais rente e durável é fazer a barba após um banho quente. "Além dos poros abertos, da pele mais macia e dos pelos fáceis de raspar, é depois do banho que nossa pele está livre de impurezas e oleosidade que podem causar inflamações no pós-barba", explica Ademir Júnior.

Massagem no rosto

Depois de passar creme ou gel de barbear, a especialista aconselha a fazer movimentos circulares no rosto, de baixo para cima. "Essa massagem rápida ajuda a deixar os pelos mais fáceis de serem cortados", diz Daniela Hueb.

Evite passar a lâmina contra o sentido do pelo

De acordo com o especialista Ademir Jr., esse tipo de método de barbear é chamado de escanhoar. Por deixar o corte mais rente, ele é usado pela maioria dos homens. No entanto, é aconselhado apenas para aqueles que já procuraram um dermatologista e não apresentam tendência a ter pelos encravados chamados de pseudofoliculite. "Tomar cuidado para não encravar os pelos facilita o próximo barbear, além de prevenir contra irritações e inflamações na pele do rosto. Por isso, quem tem propensão a esse problema, não deve escanhoar", explica o dermatologista.

Água fria depois de terminar

Segundo a especialista Daniela Hueb, lavar o rosto com água fria é a única forma de fechar os poros e dar mais brilho e maciez à pele. Com os poros fechados e com a pele macia e limpa, os pelos demoram um pouco mais a crescer e o rosto fica com aparência limpa por mais tempo.

Passe produto pós-barba

Um produto bastante importante, mas que é deixado de lado por muitos homens, é a loção pós-barba. Ela tem como função evitar eventuais infecções, controlar pequenos pontos de sangramento que possam aparecer e reduzir a irritabilidade, provocando sensação de refrescância. Para quem tem tendência a desenvolver espinhas, vale substituir a loção por um tônico ou gel antiacne.

Deixe a pele descansar

Deixar a pele se recuperar é um bom jeito de fazer o barbear durar mais. "Cada vez mais, ter a pele sem barba é importante na sociedade. Mas não é por isso que devemos fazer a barba sempre", diz o dermatologista Ademir. Esse hábito acaba irritando a pele, deixando o barbear mais difícil, principalmente para as pessoas que fazem isso com lâminas. Cada pele tem um tempo para se recuperar, por isso, é importante ficar atento a sinais como irritações, coceiras e inflamações. Se esses três sintomas forem percebidos, é um sinal de que a pele do rosto precisa de mais tempo para se recuperar.

Descarte a lâmina com frequência

O ideal é jogá-la fora após três ou quatro barbeadas. As lâminas velhas e usadas cortam, arranham e queimam a pele, especialmente as mais sensíveis. Por isso, se você insistir muito na mesma lâmina, vai ganhar cortes e arranhões que farão o momento de passar a loção pós-barba ser bem dolorido.

Foto: www.tegum.com.br 

 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA