Vida & Estilo
06/01/2018 13:07:29, escrita por SERRANOSSA

Hospital Tacchini leva intestino gigante para a ExpoBento

Durante os 11 dias de realização da ExpoBento 2018, o Tacchini Sistema de Saúde vai proporcionar aos visitantes um passeio por dentro do intestino humano, podendo conhecer as principais estruturas do órgão, bem como as doenças que podem afetá-lo, entre elas, o câncer. A estrutura inflável terá 15 metros de extensão, 3 metros de altura e 3 metros de largura e ficará montada no pavilhão D do Parque de Eventos. Instalada próximo à área onde fica o Salão Automotivo, a atração tem patrocínio do Medical Center. Durante a exposição, será possibilitada a realização de até 7 mil exames preventivos à população que integra a base de referência de atendimento da instituição. 

Idealizado pelo Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS) em parceria com o Instituto do Câncer, o projeto tem como lema “Juntos contra o câncer”. “Pretendemos conscientizar a todos para a importância de exames preventivos, os quais podem evitar quase 100% dos casos de câncer de intestino”, explica a gerente do ITPS, Juliana Giacomazzi. “No Intestino Gigante, o visitante pode caminhar e visualizar exemplos das principais doenças bem como assistir um vídeo com informações à prevenção e diagnóstico”, relata. “Através de dois projetos do ITPS (um em parceria com a Roche e outro em parceria com o Conselho Municipal do Idoso), estamos disponibilizando, sem custos, a realização de exame preventivo do intestino para quem tem idade maior que 18 anos e apresenta sintomas da doença e que seja proveniente dos municípios de referência do Hospital Tacchini. E também para quem não tem sintomas algum, mas tem idade acima de 60 anos e seja de Bento Gonçalves”, anuncia a doutora Juliana Giacomazzi.

Câncer do Intestino 
O câncer de intestino é o terceiro tumor mais frequente tanto em homens quanto em mulheres e ocorre mais frequentemente, depois dos 50 anos. O diretor do Instituto do Câncer, doutor Fernando Obst, relata que 6 em cada 10 pacientes chegam ao Hospital Tacchini em estágio avançado, ou seja, a lesão não havia sido identificada precocemente. Há ainda dados que mostram que 15% dos pacientes diagnosticados com a doença apresentam idade menor ou igual a 50 anos. “O lado positivo dessa situação é que a maioria das lesões tem crescimento lento, o que permite que possamos realizar exames de detecção da doença ainda na fase em que não se transformou em câncer”, afirma o médico. 

Sintomas
O câncer de intestino, quando diagnosticado, muitas vezes apresenta lesões esparramadas que podem ultrapassar o limite do próprio intestino e se expandir para outros órgãos. Neste estágio, a doença já está instalada. Sinais que devem ser observados por quem não costuma realizar exames preventivos e que podem originar o câncer de intestino: intestino preso alternado com diarreia; alteração da espessura das fezes; presença de sangue, muco e catarro junto às fezes; percepção de evacuação incompleta; desconforto abdominal; cólicas; emagrecimento; anemia ou fraqueza.



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA