• Tacchini
  • Vinícola Garibaldi
  • Posto Ravanello
  • Debianchi
  • Envase
  • Naturepet Pharma

Após dopar, estuprar e manter criança em cativeiro, homem é solto em audiência de custódia

  • Naturepet Pharma
  • Tacchini
  • Envase
  • Vinícola Garibaldi

Decisão da justiça revoltou a população de Joinville

Após dopar, estuprar e manter criança em cativeiro, homem é solto em audiência de custódia, em Joinville, Santa Catarina.
Imagem: Reprodução/Jornal Razão

Um homem de 23 anos, preso por abordar, sequestrar, dopar e estuprar uma menina de 12 anos, foi liberado pela justiça após a audiência de custódia na quinta-feira, 21 de março.

O crime terrível ocorreu quando a menina saiu para passear com seu cachorro no bairro Paranaguamirim, em Joinville. O homem teria abordado a adolescente com o pretexto de oferecer água para o animal. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento do crime.

O desaparecimento da menina alarmou seus familiares, que acionaram a polícia após ela não retornar no tempo esperado.

Com a ajuda de amigos, a família identificou o homem, que trabalhava em um estabelecimento comercial próximo. Posteriormente, as autoridades o encontraram com a menina em sua residência, onde ela estava seminua e dopada. Então, a Polícia Militar prendeu o indivíduo, que confessou o crime mais tarde. Ele tinha histórico de tráfico de drogas. A vítima foi levada ao hospital para receber atendimento médico e realizar exames.

A revolta da família e da população local foi evidente diante da liberação do homem, mesmo com seu histórico criminal, após a audiência de custódia. O uso de tornozeleira eletrônica e a ordem de manter distância de 100 metros da vítima e de sua residência não foram suficientes para acalmar a revolta da população.

Com medo da reação da população, o homem tentou fugir, mas foi detido na rodoviária de Joinville por descumprimento das condições do uso da tornozeleira eletrônica, enquanto tentava deixar o Estado de Santa Catarina. A Polícia Civil monitorava-o de perto. Nos últimos dias, dois suspeitos de estupros foram mortos em SC.