• Vinícola Garibaldi

Chuvas causam prejuízo de R$ 70 milhões na agricultura de Flores da Cunha

  • Vinícola Garibaldi

As produções de uva, pêssego, ameixa, caqui, cebola e alho foram as mais afetadas

Fotos: Prefeitura de Flores da Cunha

Devido ao temporal da madrugada de sábado, 18/11, somente na agricultura de Flores da Cunha, os danos financeiros alcançaram os R$ 70 milhões. Conforme dados coletados pela secretaria de Agricultura, Emater e Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Flores da Cunha e Nova Pádua, mais de 5 mil hectares de área produtiva foram atingidos, com uma estimativa média de 30% de perdas.

Várias culturas tiveram estragos, principalmente: uva, pêssego, ameixa, caqui, cebola e alho. Estufas, galpões e aviários, estradas de produção e abastecimento de água das localidades também foram comprometidos. Em razão destes eventos climáticos adversos, o prefeito, César Ulian (Progressistas), decretou situação de emergência para o município.

Mais de 550 famílias foram atingidas em Flores e tiveram problemas com danos em telhados. Quase 24 mil m² de lonas foram distribuídas pela prefeitura na sede do Corpo de Bombeiros.

“Por mais difícil que seja esse momento para todos, aos poucos, vamos reconstruindo as coisas, nos auxiliando mutuamente. Nos solidarizamos com todas as famílias que foram afetadas e nos colocamos sempre à disposição. Estamos todos juntos”, disse o prefeito.