A felicidade pode ser duradoura?

Por: Padre Ezequiel Dal Pozzo | 10/08/2018 09:00:26

A pergunta que nos surge é a seguinte: será possível ser feliz diante de tantas negatividades? O mundo apresenta tantos problemas e a vida é tão difícil. Como posso ser feliz? Jesus nos ensina que a felicidade não passa ao lado e nem longe das experiências negativas. A felicidade precisa atravessar essas experiências. No monte das bem aventuranças, Jesus nos diz que são felizes os que choram, os que sofrem injustiças, os que são perseguidos os que sofrem perseguições. Jesus é consciente e sabe que felicidade também rima com sofrimento. Passar pelo vale do sofrimento é necessário para encontrar a felicidade. A vida não é feita só de sucessos, de vitórias, de momentos exultantes. A vida é feita de dias cinzentos, onde passamos felicidade para um mundo que apresenta muita insatisfação e muita gente angustiada. 

Felicidade não é uma meta, mas uma consequência. É o resultado daquilo que fui fazendo e vou fazendo. Ela aparece como consequência do esforço que faço para fazer com que a vida encontre o seu rumo. É a colheita das ações plantadas ao longo do tempo. Felicidade não se improvisa. Ela se apresenta como o sabor, o fruto de uma vida bem vivida, de uma prática ética e da semeadura do bem. Não acontece dentro do mundo das facilidades, mas na atenção e no cuidado em buscar fazer sempre o melhor possível. Felicidade não se improvisa. É tocar as coisas simples da vida e sentir o sabor do contentamento na gratuidade. 

Felizes não são pessoas que não têm sofrimentos, obstáculos, desafios ou problemas. Mas aquelas que encontram a alegria e fazem a vida fluir apesar do sofrimento. Pessoas felizes percebem o mundo como um lugar mais seguro. Tem mais serenidade para tomar decisões. Manifestam contentamento nas pequenas coisas, nos pequenos gestos e nas tarefas corriqueiras. Não exultam somente com o sensacional ou o extraordinário. Vivem a vida com mais leveza. Sentem a vida fluir em tudo o que acontece.


 


É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Sacerdote da Diocese de Caxias do Sul (RS), padre Ezequiel é cantor e compositor e lidera o projeto "Despertai para o Amor", de evangelização através da música e dos meios de comunicação. Já lançou seis CDs e um DVD e roda o Brasil com shows musicais, palestras, missas e pregações. Apresenta diariamente a reflexão "Despertai para o Amor" em mais de 250 rádios de 19 Estados do Brasil e o programa semanal "Despertai para o Amor" na TV Evangelizar e na TV Nazaré. É editor da Revista "Despertai para o Amor", de circulação trimestral, e autor do livro "Beber na fonte do amor: como a misericórdia humaniza e traz verdadeira alegria" (Edições Loyola).



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários publicados no portal.



Leia a Edição
IMPRESSA


Edição 689
12/07/2018 08:00:36
Edições Anteriores

Curta o SERRANOSSA