Os 5 “Cs” que fazem a cabeça do síndico doer!

Por: Vicente Tomasi | 07/11/2020 15:44:05

Todos conhecem bem os 5 “Cs” que são os principais motivos das dores de cabeça dos síndicos: cano, cachorro, criança, carro e calote. Cada dia as pessoas estão mais adeptas a morarem em condomínios, devido à segurança, à melhor localização, à infraestrutura, entre outros, mas muitos com pouca experiência em viver em conjunto, ou melhor, em sociedade. 

Vamos lá, duvido quem more ou já morou em condomínio que nunca ouviu falar da tal de infiltração, aquela novela para resolver, pois um diz que vem do apartamento de cima, outro que é da tubulação geral do prédio, e assim vai doendo a cabeça do síndico, até achar o bendito “cano” quebrado ou rachado. 

Resolvido esse “C”, vem o outro: o síndico coloca aviso no elevador e no mural para que os moradores que têm cachorro recolham as necessidades dos animais feitas na grama e evitem que eles urinem no elevador, confere nas câmeras quem é o morador, para notificar e multar. 

Mal acaba de resolver esse “C” e o síndico é chamado pelo vizinho, que não aguenta mais o barulho do apartamento de cima, onde as crianças cantam, dançam, jogam bola dentro do apartamento até a madrugada, parecendo que vai cair o teto, isso quando não estão brincando de pegar nas áreas comuns do prédio. Vai lá o nosso amigo síndico e chama atenção desses moradores. 

Pronto. O síndico chega em Os 5 “Cs” que fazem a cabeça do síndico doer! casa, vai para a sala assistir ao jornal na TV, toca a campainha: é mais um morador reclamando que tem um carro na vaga dele e, mais do que isso, está mal estacionado, atrapalhando todos na entrada e saída da garagem. Vai lá ele, olha o veículo, verifica a placa e sai como um investigador para descobrir o dono do carro. Acha os donos depois de meia hora de espera no hall e ouve a seguinte justificativa dos moradores que deixaram o carro estacionado na vaga alheia: “colocamos ali porque era mais fácil, mas já estamos saindo”.

E assim resolve ele mais um “C”, volta feliz da vida para casa e senta no sofá. Agora chega? Que nada, falta mais um “C” para completar seu dia! 

Então vem o calote, quase todo prédio tem aquele morador que nunca paga o condomínio em dia, mas sempre está de carro novo, roupa da moda, móveis e utensílios novos, e o condomínio como? Atrasado. Ele manda mensagem ao síndico às 22h dizendo: “Meu amigo, amanhã vou lá na administradora pagar aqueles condomínios atrasados. Só estou dando um toque, pois sabe como estão as coisas bem difíceis”. Enfim, o dia acaba. 

Agora faço a pergunta a todos: será que fomos educados para viver em condomínio, ou melhor, em sociedade? Respeitamos o próximo? Minha resposta é não, pois, se fôssemos, não teríamos esses 5 “Cs” tão doloridos aos síndicos.
 


É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.

Vicente Tomasi

Vicente Tomasi

Síndico profissional. Diretor do Grupo Tomasi (http://www.grupotomasi.com.br/site/)





 




Leia a Edição
IMPRESSA


Edição 805
04/08/2021 00:00:18
Edições Anteriores

Curta o SERRANOSSA