• Ótica Debianchi Lente em Dobro
  • Envase
  • Vinícola Garibaldi
  • Naturepet Pharma

Com novidades, Fiema Brasil volta para restabelecer conexão com a cadeia ambiental

  • Envase
  • Posto Ravanello
  • Vinícola Garibaldi
  • Naturepet Pharma
  • Debianchi

Além de reunir expositores e palestrantes, feira promove Arena de Startups entre 9 e 11 de maio, em Bento Gonçalves

Com novidades, Fiema Brasil volta para restabelecer conexão com a cadeia ambiental. Fotos: Ana Cris Photo

Depois de cinco anos, a Fiema Brasil está de volta. Os tempos que forçaram sua parada, durante a pandemia, em 2020, ficaram definitivamente para trás, e a feira até então realizada bianualmente desde 2004 renovou o fôlego para voltar agora. Entre os dias 9 e 11 de maio, a Fundação Proamb coloca de pé a nona edição da Fiema, maior feira ambiental do sul do país, e realizada no Parque de Eventos em Bento Gonçalves. Serão três dias de intensa programação, repleta de atividades e inovações.

Uma delas é a Arena de Startups, fazendo jus ao reconhecimento que a feira recebeu como um dos eventos de inovação mais importantes da Serra, pela plataforma Conexo/Randon. Outras são as estreias no FiemaCon – o braço da ciência e tecnologia da feira – de um seminário direcionado a construções sustentáveis e de um simpósio voltado à recuperação energética de resíduos urbanos.

Mais de 70 expositores estão confirmados, oriundos de diversas partes do país, para apresentar soluções nas mais distintas frentes da gestão ambiental. São tecnologias para elevar a capacidade competitiva dos negócios em questões que envolvem desde resíduos, águas e efluentes até energia e segurança do trabalho.

Nesse sentido, a feira não apenas aproxima tecnologias como induz o desenvolvimento sustentável dos negócios, tão vital para a perenidade deles – e para a proteção dos recursos naturais. Mais um motivo para empresas, entidades e sociedade vivenciarem a Fiema Brasil e continuarem a fazer dela uma janela de conexão entre sustentabilidade e inovação, entre preservação e desenvolvimento econômico. “Temos o papel de fazer essa conexão, estimulando para que ela aconteça cada vez mais. Temos tecnologia para fazer os negócios serem cada vez mais sustentáveis, promovendo não apenas a continuidade deles, mas também a sua preparação para uma economia mais verde, para os novos modelos de negócios, a fim de gerar impacto positivo econômico, social e ambiental”, destaca o presidente da Fiema, Jonas Brevia.

FiemaCon é chance de aproximar tecnologia dos negócios

Um dos responsáveis em promover essa aproximação são os eventos do FiemaCon. O espaço é considerado a usina de ideias da feira, onde ideias e soluções andam juntas, promovendo novas tecnologias e conhecimento.

Ao todo, são sete eventos, incluindo um voltado à gestão de negócios: o Meeting Empresarial, que traz grandes nomes do mundo corporativo para compartilharem suas práticas a fim de inspirar executivos no dia 9 de maio. Neste ano, em sua quinta edição, serão quatro convidados – Marco Dorna, presidente da Tetra Pak no Brasil; José Antônio Ribas Júnior, diretor executivo de Agropecuária e Sustentabilidade na JBS/Seara; César Saut, vice-presidente Corporativo da Icatu Seguros; além do argentino Mario Weitz, consultor do Banco Mundial – falando sobre o tema “Brasil que dá certo: Sobrevivência e Sucesso”. O evento se inicia às 9h, com ingressos a partir de R$ 350, à venda no portal fiema.com.br.

Outra atração, desta vez dentro do 7º Congresso Internacional de Tecnologia Para o Meio Ambiente, será a palestra de abertura do evento, proferida pelo empresário Daniel Randon, presidente das Empresas Randon, também no dia 9, às 13h30min. Ele vai explorar a temática do congresso científico, que segue até o dia 11, “Inovação e Sustentabilidade: Desafios para um Futuro Melhor”. No encontro, acadêmicos do Brasil e do Exterior submetem artigos a uma banca examinadora. Os trabalhos melhores avaliados em cada um dos três dias do evento serão apresentados oralmente, no formato de mesa-redonda.

O FiemaCon ainda terá cinco seminários, cada um deles composto por painéis com duração de 90 minutos cada um. Neles, os painelistas apresentarão seus cases, seguido de debates e perguntas do público. Dois deles ocorrem pela primeira vez. O 1º Simpósio Gaúcho de Recuperação Energética de Resíduos Sólidos Urbanos, dia 9 de maio, às 14h, destacará “Como a correta destinação do RSU pode ser parte da solução para os desafios climáticos”, com convidados alemães parceiros da Proamb no estudo de viabilidade para a implantação de usinas de incineração no Estado.

Já o 1º Seminário de Construções Sustentáveis, no dia 11 de maio, às 9h, trará os painéis “Certificação e boas práticas para edificações sustentáveis” e “Materiais e gestão de resíduos em construções sustentáveis”.

O 7º Seminário Brasileiro de Gestão Ambiental na Agropecuária ocorrerá no dia 10 de maio, às 9h, trazendo os painéis “Mercado de créditos de carbono: oportunidades na fruticultura e silvicultura” e “Biodigestores para tratamento de resíduos agropecuários”. No dia 10 de maio, às 15h30min, será realizado o 6º Seminário de Segurança do Trabalho, com os temas “Segurança na aplicação de defensivos agrícolas” e “Normas regulamentadoras na Indústria”. O FiemaCon ainda destaca a programação do 3º Seminário de Energias Renováveis no dia 11 de maio, às 15h30min. Os assuntos abordados serão “Oportunidades na Geração Distribuída e Mercado Livre de Energia” e “Descarbonização do setor elétrico”.

Os ingressos para participar do congresso variam de R$ 280 a R$ 450. Para acompanhar os seminários, o valor é de R$ 140 para cada um. No caso de participar de mais de um, há descontos que chegam a 20% – todos os valores são de 2º lote, válidos até o dia 30 de abril. Para saber mais e para adquirir, acesse fiema.com.br.

Arena de Startups reforça conceito de inovação da Fiema

Assim como sua propensão ao debate ambiental como estratégia de desenvolvimento para as empresas, que demarcou a inovação pela qual a Fiema é conhecida, a feira segue agregando novas tecnologias para continuar surpreendendo. Desta vez, a feira organiza a primeira Arena de Startups, em parceria com o SebraeX, marca de inovação do Sebrae.

Uma área especial será montada para receber 50 startups que estarão mostrando produtos, serviços e soluções ambientalmente sustentáveis (greentech), cidades inteligentes (Smartcities), agronegócio (Agrotech), ESG (práticas ambientais, sociais e de governança), entre outras propostas. Dessas, 24 participarão do desafio Like a Boss, para apresentar sua proposta a uma bancada de investidores. Ao fim da batalha, três startups serão escolhidas como destaques da competição. Elas terão a oportunidade de disputarem a final gaúcha, que acontecerá na Gramado Summit de 2024, ao lado de outras startups selecionadas em batalhas promovidas ao longo do ano pelo SebraeX.

Além das batalhas, a Arena de Startups promoverá um espaço de conteúdos que dialoguem com o segmento da feira, com palestras e “talks”. Outra importante ação que será feita para as startups que estarão expondo na feira é a aproximação com as empresas participantes da Fiema. A partir do perfil de cada uma, será feito um cruzamento com os expositores, a fim de que necessidades, tanto de um quanto de outro, possam se encaixar e gerar relação comercial.

Serviço

O quê: 9ª Fiema Brasil

Quando: de 9 a 11 de maio

Onde: Parque de Eventos (Pavilhão E), em Bento Gonçalves

Quanto: entrada franca, mediante inscrição prévia, exceto para a programação do FiemaCon

Programação: fiema.com.br

Informações: (54) 3055.8746