• Vinícola Garibaldi

Com volta de impostos federais, gasolina pode subir R$ 0,69 por litro

  • Vinícola Garibaldi

Na tarde desta sexta-feira, 24/02, Lula vai se reunir com o presidente da Petrobras para avaliar as alternativas à desoneração de combustíveis

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Às vésperas do fim da desoneração tributária sobre a gasolina e o etanol, que encerra no dia 1º de março, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve se encontrar nesta sexta-feira, 24/02, com o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, para avaliar alternativas à desoneração de combustíveis.

Caso não ocorra a prorrogação da desoneração, o litro da gasolina deve subir R$ 0,69 e o do álcool, R$ 0,24, segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom).

Desoneração

Editada no governo de Jair Bolsonaro (PL), a desoneração foi prorrogada por Lula (PT) no início do governo, por meio de uma medida provisória com validade até o fim de fevereiro.