Corpo de Bombeiros de Bento e guerreiro se unem para ato de superação

Em tratamento e recuperação de um tumor no cérebro, Wagner contou com a ajuda de soldados do batalhão dos Bombeiros de Bento Gonçalves para alcançar um sonho

Foto: Arquivo pessoal

O dia 18 de junho, último dia de 31ª ExpoBento e 18ª Fenavinho, reservou fortes emoções para os soldados Baron, Pedroso e Woivoda do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) de Bento Gonçalves, que estavam na área da parede de escalada.

No local, eles receberam a visita de Wagner e sua família. Meio tímido, mas com muita vontade, Wagner pediu para fazer a escalada. Inicialmente, os soldados estranharam o pedido, visto que ele é cadeirante. 

Entretanto, após conversarem sobre as adversidades da vida e a necessidade de superar desafios, a equipe do CBMRS não mediu esforços para ajudar a realizar o sonho do novo amigo.

Confira o momento emocionante:

Wagner foi diagnosticado com um tumor cerebral chamado de Schwannoma Vestibular, que o deixou 24 dias em coma e mais de sete meses hospitalizado. O tumor, localizado na região do nervo trigêmeo, afetou o nervo auditivo esquerdo de Wagner e a sua parte motora, prejudicando também seu equilíbrio, porém, essas sequelas são superadas dia a dia.

Segundo a esposa de Wagner, por diversas vezes os médicos desacreditaram de seu caso, chegando a lhe dar 1% de chance de sobreviver.

O momento de superação e vitória emocionou a todos, principalmente, os soldados do CBMRS, que destacaram que a missão serviu para que eles não se esquecessem da importância das suas profissões e a capacidade de poder realizar sonhos como o do Wagner.