• Vinícola Garibaldi

Despoluição do Lago Fasolo entra em nova etapa

  • Vinícola Garibaldi

O valor investido será de R$ 1.676.237,89; a empresa Bripaza realiza a obra para a Corsan/AEGEA

Despoluição do Lago Fasolo entra em nova etapa

As obras de despoluição do Lago Fasolo, no bairro Progresso, seguem em andamento em Bento Gonçalves. Ao longo desta semana, a empresa Bripaza, responsável pela obra no local e contratada pela Corsan/AEGEA, trabalha em mais uma etapa, que consiste na construção da rede coletora, emissário e sala de operação. O valor investido será de R$ 1.676.237,89.

A construção está sendo executada em etapas. As próximas ações consistem na montagem da elevatória, construção da estação de tratamento de esgoto e parte elétrica. Para a obra foi necessária a construção de uma estrada de 4 metros de largura e cerca de 300 metros, no lago, etapa que consta com licenciamento ambiental, segundo a prefeitura de Bento Gonçalves.

A estação terá quatro reservatórios de 20 mil litros cada, atendendo a coleta leste e sul do lago. Com a obra, 104 casas receberão a ligação de esgoto, beneficiando cerca de 300 pessoas.

A obra iniciou no dia 09 de janeiro de 2024, mais de três meses após a assinatura da ordem de início – 18 de setembro de 2023. Na ocasião do início das obras, o prefeito Diogo Siqueira (PSDB) destacou a importância da obra. “É um primeiro passo, a despoluição deste local, para que possamos sonhar grande. Uma reivindicação de mais de 40 anos dessa comunidade que começa a ser resolvida. Será mais qualidade de vida para essa população e um grande passo para nossa cidade”, disse.