• Vinícola Garibaldi

Encontrado corpo de mulher que estava desaparecida em Torres

  • Vinícola Garibaldi

Tayná da Silva Rosa, 27 anos, estava aparecida desde o dia 02 de fevereiro

Foto: Arquivo pessoal 

O corpo de Tayná da Silva Rosa, 27 anos, que estava desaparecida desde o dia 2 de fevereiro, em Torres, no Litoral Norte, foi encontrado na quinta-feira, 23/02, segundo a Polícia Civil. A identificação foi confirmada pelo Posto Médico-Legal (PML) de Osório.

Contudo, os policiais seguem aguardando os resultados dos exames necroscópico e do local do fato. Assim que os laudos forem recebidos pela polícia, o inquérito será concluído e encaminhado ao Judiciário. A estimativa da corporação é que isso ocorra na próxima semana.

O laudo confirma as suspeitas da polícia de que o corpo localizado na quinta-feira fosse de Tayná, uma vez que a carteira de identidade dela e um celular estavam no bolso da calça do cadáver. Além disso, os policiais também apontaram que as roupas também eram semelhantes às que Tayná usava quando foi vista pela última vez, em 2 de fevereiro.

A principal linha de investigação da Polícia Civil é que o caso se trate de suicídio. Os dois filhos de Tayná, uma menina de oito anos e um menino de seis, fruto de um relacionamento anterior, ficaram com o pai biológico, em Três Cachoeiras, de onde ela era natural.

O corpo dela chegou a Três Cachoeiras por volta de 8h desta quinta-feira, onde ocorreu a cerimônia de despedida. O velório durou cerca de uma hora apenas devido ao avançado estado de decomposição em que se encontrava. O sepultamento ocorreu no cemitério municipal.