• Vinícola Garibaldi

Estudantes do Alfredo Aveline, de Bento, são condecorados por concurso internacional

  • Vinícola Garibaldi

Dezoito jovens estudantes foram condecorados

Estudantes do Alfredo Aveline, de Bento, são condecorados por concurso internacional
Foto: Jose Martim Estefanon

Cada vez mais a rede pública de ensino se destaca em eventos das ciências exatas. A Escola Municipal de Ensino Médio (EMEM) Alfredo Aveline, em Bento Gonçalves, estimula seus estudantes a participar das iniciativas, promovendo acesso a um conhecimento contínuo. Neste ano, os alunos participaram da 16ª Edição do Concurso Internacional Canguru Matemática Brasil, realizado no dia 28 de março e o resultado publicado em 03 de junho. O Concurso Matemática Canguru é a maior competição internacional do mundo, que ocorre em 95 países.

Marco Antônio Grando, do 8º ano, já é um craque da matemática e vai ser condecorado pela Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) 2023 em cerimônia que vai ocorrer no Rio de Janeiro neste mês. No Concurso da Canguru, vai receber a Medalha de Prata. “A prova foi bem difícil, dá um nervosismo por ter um peso de ser internacional”, disse o jovem.

Laura Zambon, também do 8º ano, vai receber a Medalha de Bronze. “Eu acredito que é uma experiência única que a gente vive e ter ganhado a Medalha de Bronze significa muito para o meu futuro, que entra em curriculum. É uma oportunidade muito boa ter ganhado”, afirmou.

A professora de Matemática Bruna Stail fala sobre como foi a preparação dos estudantes com os conteúdos. “Nós trabalhamos com os alunos o desenvolvimento do raciocínio lógico, a interpretação e o pensar em todos os componentes curriculares desde o sexto ano. É uma preparação longa. Em especial, nas aulas de matemática, utilizamos muito a resolução de problemas como ferramenta de aprendizagem. Na preparação para a aplicação da prova da Canguru, tivemos acesso ao material preparatório deles, resolvemos diferentes exercícios de raciocínio com os alunos e aplicamos simulados, em todas as turmas”, pontuou.

O professor de Matemática Rafael Zanovello Perin destaca sobre o incentivo que a EMEM Alfredo Aveline faz em prol dos estudantes. “O educandário, por meio do Conselho de Pais e Mestres, conseguiu arrecadar fundos para promover o Concurso junto com os alunos. No pacote tivemos formação de professores e análise dos resultados. Em agosto, a organização envia a análise do desempenho dos alunos e da escola. Com isso, temos um retrospecto de como está o conhecimento dos alunos”.

O diretor da EMEM Alfredo Avelini, Márcio Pilotti, ressalta sobre mais esse destaque matemático que o educandário obteve. “Para nós é mais uma alegria, pois estamos há anos recebendo premiações e menções honrosas tanto nas áreas das Ciências Exatas quanto das Humanas, além de sermos pioneiros na OBMEP. Nós incentivamos os alunos a pensar ‘fora da caixa’, a questão da matemática como ela é abrangente em todos os aspectos. Por isso, é preciso desmitificá-la. Temos um trabalho muito bem realizado pelos professores e os alunos aderem a esse trabalho.”

Medalha de Prata:

Marco Antônio Grando – 83

Medalha de Bronze:

Alice Lago da Silva – 63

Ana Júlia Casagrande – 71

Laura Zambom – 81

Guilherme Garbini Martini – 82

Samuel Marcolin – 91

Honra ao Mérito

Enzo Zaparolli Madalosso – 62

Isabelli Chesini – 63

Vitor Gabriel de Oliveira Tonello – 71

Giovana Marcolin Paloschi – 72

Lucas Bettoni Ferrari – 73

Kelyn Claro Dias – 83

Morgana Santin Dametto – 91

Nikolas Galante Gobatto – 91

Emily Machado Hermann – 92

Kaua Orso Kussler – 92

Pedro Campagnolo – 92

Kauã dos Santos – 111