Festa de Natal é cancelada em cidade onde nasceu Jesus segundo cristianismo

O motivo é a guerra entre o governo de Israel e o grupo terrorista Hamas, que controla a Faixa de Gaza

Funcionário da prefeitura de Belém, na Cisjordânia, desmonta decoração de Natal, cujas festividades foram canceladas por conta da guerra entre Hamas e Israel, em novembro de 2023. — Foto: Divulgação/ prefeitura de Belém

Segundo o cristianismo, Belém, na Cisjordânia, é a cidade onde nasceu Jesus Cristo. Por isso, é natural que a festa de Natal seja um evento de grandes proporções a cada ano. Desta vez, no entanto, a festa foi cancelada.

Procurada pelo site g1, a prefeitura de Belém informou que cancelou as festas em respeito ao luto de famílias que perderam parentes na guerra. A Cisjordânia tem sido palco de operações de Israel e confrontos, e vinha sendo o principal ponto de conflito na região antes do ataque de Hamas a Israel, em 7 de outubro.

“Foi tomada a decisão de restringir as celebrações de Natal a rituais religiosos e de organizar eventos para transmitir a nossa forte condenação da agressão israelense contra o nosso povo palestino na Cisjordânia e em Gaza”, declarou a prefeitura, em comunicado.

Apenas orações conjuntas serão permitidas, ainda segundo a prefeitura.

Não haverá a tradicional decoração de luzes e a árvore de Natal, assim como também não será montado o grande presépio, que anualmente fica na praça da Manjedoura e atrai centenas de turistas.

Na madrugada entre os dias 24 e 25 de dezembro, a cidade costuma sediar uma grande procissão, que também foi cancelada.

Fonte: g1