• Vinícola Garibaldi

Homem se preparava para atirar em Lula na posse, diz Flávio Dino

  • Vinícola Garibaldi

De acordo com o ministro, o suspeito estava fazendo treino obtendo instruções de como dar um tiro de fuzil à longa distância

Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou que a Polícia Federal identificou mensagens de um homem preso por envolvimento na tentativa de atentado a bomba no Aeroporto Internacional de Brasília que indicam que ele se preparava para atirar no presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no dia da posse, em 1º de janeiro de 2023.

De acordo com o ministro, o suspeito estava fazendo treino obtendo instruções de como dar um tiro de fuzil à longa distância.

“Esse cidadão que está preso, da bomba, do aeroporto, no dia 24 de dezembro, ele estava fazendo treino e obtendo instruções de como dar um tiro de fuzil de longa distância. Havia atos preparatórios para a execução de um tiro, que ia ser um tiro no dia da posse de Lula”, afirmou o ministro.

O homem, identificado como George Washington de Oliveira Sousa, foi preso em 24/12 por ter colocado uma bomba em um caminhão-tanque nos arredores do aeroporto de Brasília.

George Washington não menciona o nome de Lula nas mensagens, mas de acordo com Dino, dava a entender que era para o presidente.

“Mas, dias antes, ele dá a entender, né? Porque pergunta: “Qual o fuzil que é mais adequado para tal distância?”. “E a tal mira?”. Aí, o instrutor diz: “Não, essa mira é melhor”, ressaltou o ministro.

Com informações do Estadão