• Vinícola Garibaldi

Instituto Tacchini oferece novo medicamento para pacientes com COVID-19

  • Vinícola Garibaldi

O estudo AT03A-017 é promovido em parceria com a farmacêutica Atea Pharmaceuticals, que tem sede em Boston, nos Estados Unidos; os participantes da pesquisa recebem gratuitamente tanto o medicamento necessário para o tratamento

Foto: Divulgação/Hospital Tacchini

Centro com maior número de participações em estudos para o combate à COVID-19 no Rio Grande do Sul, o Instituto Tacchini de Pesquisa em Saúde (ITPS) segue buscando opções inovadoras para aumentar a eficiência do tratamento de pacientes que testaram positivo para o vírus e apresentam sintomas leves ou moderados da doença.

O estudo AT03A-017 é promovido em parceria com a farmacêutica Atea Pharmaceuticals, que tem sede em Boston (EUA). Os participantes da pesquisa recebem gratuitamente tanto o medicamento necessário para o tratamento, administrado via oral, quanto o acompanhamento médico em domicílio ao longo dos próximos 90 dias.

“Mesmo não sendo mais considerada uma Emergência de Saúde Pública pela Organização Mundial da Saúde, a Covid-19 segue presente em todo mundo e novos casos da doença são registrados diariamente. A intenção é tratar os casos enquanto os sintomas forem leves para evitar o agravamento do quadro do paciente, sobretudo os que apresentam comorbidades”, descreve Silvia E. M. de Mendonça, Gerente de Conhecimento, Pesquisa e Inovação do Tacchini Sistema de Saúde.

O estudo é multicêntrico, ou seja, ele conta com a participação simultânea de diversos centros de pesquisa. Aos pacientes do ITPS foram oferecidas 5 vagas por mês. 

Critérios de Participação

O AT03A-017 oferece tratamento a pacientes com sintomas como febre, tosse, dor de garganta, mal-estar, dor de cabeça, dor muscular, náusea, vômito, diarréia, perda de paladar ou olfato. O foco está em casos que não envolvem falta de ar ou dispneia.

O estudo destina-se a diferentes faixas etárias, com critérios específicos:

  1. 70 anos ou mais: Sem a necessidade de apresentar outros fatores de risco associados.
  2. 55 anos ou mais: Com pelo menos um dos seguintes fatores de risco – obesidade, diabetes mellitus, doença cardiovascular (como hipertensão) e doença pulmonar crônica (DPOC ou Asma).
  3. 50 a 54 anos: Com pelo menos dois dos fatores de risco mencionados acima.
  4. 18 anos ou mais que tenham pelo menos um dos seguintes fatores de risco – síndrome de Down, doença falciforme, demência, Parkinson, residentes em casa de repouso ou sistema imunológico comprometido ou recebendo tratamento com  imunossupressores.

Como Participar

Os interessados em participar deste estudo podem obter mais informações e se inscrever entrando em contato com o ITPS pelo telefone (54) 3455-4333, ramal 1125, ou WhatsApp (54) 99237-1788, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h30, com os pesquisadores Jean Benvenuti ou Bruna Andrioli. O estudo oferece avaliação e acompanhamento médico domiciliar durante todo o processo.