• Vinícola Garibaldi

Mais uma vez, moradores estão preocupados com acúmulo de lixo no bairro Humaitá

  • Vinícola Garibaldi

Em abril de 2022, o SERRANOSSA denunciou o caso, que foi atendido pela prefeitura; agora, em novembro, o local voltou a ficar cheio de entulhos

O ditado de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar não pode ser aplicado no caso do lixão a céu aberto que se acumula embaixo do viaduto da rua Avaí, no bairro Humaitá, em Bento Gonçalves. É que pela segunda vez no ano, moradores constatam, reclamam e pedem ajuda devido a quantidade impressionante de lixo que resta no local.

Em abril de 2022, o SERRANOSSA denunciou o caso. Na época, eram roupas, embalagens, plásticos e muita sujeira que se acumulavam sobre os antigos e não mais utilizados trilhos do trem. Na quinta-feira, 10/11, uma moradora de um prédio ao lado do espaço, que prefere não se identificar, encaminhou registros do local agora, em novembro de 2022. As imagens, novamente, assustam.

Segundo ela, a história é sempre a mesma: ocorre a denúncia e a prefeitura realizada a limpeza no local, mas, logo depois, o lixo começa a retornar. Ainda de acordo com a moradora, a maioria do lixo é descartado por pessoas que circulam pela rua/bairro e não necessariamente moradores. Ainda há a desconfiança que ali seja um ponto de descarte de materiais roubados ou que seja utilizado por pessoas em situação de rua.

Na hora de resolver o problema, há também uma troca de responsabilidades. “Um joga para o outro, sabe? Uma vez na [secretaria de] Meio Ambiente me disseram que como tinha trilhos era a [empresa] Giordani que tinha que limpar. Cheguei a ligar para eles, mas me explicaram que era um equívoco porque a Maria Fumaça nem passa aqui”, disse.

Com a aproximação do verão e da época de chuvas, o lixo entulhado se torna um ambiente perfeito para a criação de ninhos de ratos, animais peçonhentos e reforça o risco da proliferação do mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão de doenças como dengue e zika.

A prefeitura de Bento, via assessoria de imprensa, foi questionada sobre o caso e afirmou que “a área é incluída no cronograma de limpeza da prefeitura, também é feita conscientização para que as pessoas não joguem lixo neste espaço.” Porém, não é possível afirmar quando que a próxima limpeza ocorrerá, mas que está presente no cronograma da secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMAM) e que “é realizado com frequência.”

*Matéria atualizada às 10h05 com a declaração da prefeitura de Bento.