• Vinícola Garibaldi

Mulher é presa no RS suspeita de forjar próprio sequestro para extorquir marido

  • Posto Ravanello
  • Vinícola Garibaldi

O homem chegou a fazer depósitos em diferentes contas bancárias

Foto: Polícia Civil

Duas mulheres foram presas em flagrante por extorsão majorada na tarde de quarta-feira, 06/03, em Gravataí, após forjarem o sequestro de uma delas. De acordo com a Polícia Civil, elas enviaram falsas ameaças aos familiares com o objetivo de extorqui-los. Em uma das mensagens, a mulher aparece com as mãos amarradas.

O marido da mulher presa procurou a polícia informando que a esposa devia dinheiro para agiotas e que eles a haviam sequestrado e exigido R$ 10 mil para libertá-la. O homem chegou a fazer depósitos em diferentes contas bancárias.

“O celular utilizado foi o da própria falsa vítima. Ela alegou que eles estavam de posse do celular dela, com ela em cativeiro, e começaram a trocar mensagens. Começaram a ameaçar, dizer que tinham que pagar o valor. Ele já havia feito vários pagamentos, estava muito preocupado”, explica a delegada Jeiselaure de Souza, responsável pela investigação.

A polícia conseguiu encontrar o falso cativeiro por meio da localização do celular da mulher. No local, foi encontrada uma amiga da mulher, que confessou que forjou as fotos da suspeita amarrada para mentir sobre o falso sequestro. Ela confessou o crime e disse que o dinheiro seria usado para pagar dívidas.

A falsa vítima do sequestro foi encontrada momentos depois, em uma rua perto do falso cativeiro, e também confessou o crime, segundo a polícia.

Fonte: G1 RS