• Vinícola Garibaldi

“Não vai faltar dedicação de trabalho”, diz Paulo Pimenta durante reunião em Bento

  • Vinícola Garibaldi

O encontro ainda contou com a participação do ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e prefeitos da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste

"Não vai faltar dedicação de trabalho", diz Paulo Pimenta durante reunião em Bento
Foto: Prefeitura Bento

Na segunda-feira, 27/05, foi realizada, na prefeitura de Bento Gonçalves, uma reunião entre os ministros da Secretaria Extraordinária da Presidência da República de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, e da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, com prefeitos da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (AMESNE).

Também estiveram presentes o Secretário Nacional de Defesa Civil, Wolnei Wolf, e o secretário Nacional do Ministério da Saúde, Filipe Proença. 

Objetivo do encontro foi apresentar as ações realizadas e ouvir as demandas dos municípios. 

O ministro da Reconstrução, Paulo Pimenta, destacou as ações e programas realizados pelo Governo Federal, também reforçou que as mais de 44 mil famílias do RS já podem confirmar o cadastro para receber o pagamento do Auxílio Reconstrução.

O procedimento deve ser feito pela pessoa responsável de cada família, diretamente no site oficial. Só após confirmadas as informações do cadastro, o nome da pessoa será encaminhado à Caixa Econômica Federal, que fará o depósito dos R$ 5.100, pago em parcela única, limitado a um recebimento por família afetada pelas cheias.

O presidente da Amesne, prefeito de Guaporé, Valdir Fabris (PDT), entregou um ofício com as principais demandas dos municípios sobre recursos, auxílio reconstrução e saque calamidade do FGTS.

Alguns municípios não estão conseguindo ter acesso aos benefícios por não terem o Decreto de Calamidade reconhecidos. Conforme o ministro Pimenta, uma nova lista deve ser liberada nesta terça-feira, 28/05, com reconhecimento. 

O ministro Waldez Góes destacou sobre os planos de trabalho elaborados por prefeituras aprovados para obter apoio federal, que é de 406. “A Defesa Civil Nacional, em parceria com o Estado e municípios, trabalha na resposta mais imediata, no salvar vidas, no cuidar das pessoas em abrigamento. Além do escoamento da água das chuvas e a limpeza pública das cidades atingidas”, destaca. 

Pimenta afirmou que “para o Governo Federal não vai faltar dedicação de trabalho para que o Estado possa recuperar tudo que perdeu”, disse. 

O prefeito Diogo Siqueira (PSDB) salientou que a reunião na cidade buscou informar a necessidade de recursos e ferramentas para reconstruir Bento e toda a região da Serra Gaúcha. “Em uma calamidade como essa, precisamos do município, dos voluntários, mas também do Governo Federal e Estadual. Esse foi o motivo da reunião, mostrar nossa dor e os nossos problemas. Precisamos juntar essas forças para passar por isso o mais rápido possível”, disse.