Camarote
31/03/2011 09:55:14, escrita por SERRANOSSA

Intervenção urbana será assunto de workshop

Encontro irá informar sobre proposta de trabalho que trabalha com performances em locais públicos

A intervenção urbana é uma proposta de trabalho que trabalha com performances em locais públicos abertos, como praças. Para conhecer um pouco mais do processo de trabalho, haverá um workshop nos dias 1° e 2 de abril, com seis horas de duração total. “O valor de inscrição para os encontros que acontecerão das 19h às 22h desta sexta-feira e das 14h às 17h deste sábado é R$ 30”, informa Cristian Bernich, ministrante. “A ideia é fugir da casa do teatro”, explica.

Não há uma linha narrativa, ou seja, o fruto da intervenção urbana não tem começo, meio e fim. “A intervenção urbana não tem um caráter de espetáculo, por isso trabalha com performances, ou seja, pode utilizar atributos de dança, teatro e artes plásticas, tudo misturado”, esclarece Bernich. “A linha de trabalho é fazer uma mescla, tentando interagir com o meio ambiente e com as pessoas”, define.

Alguns grupos mais radicais, que não tinham espaço dentro de teatros fechados passaram a trabalhar suas performances na rua, segundo ele. “É um movimento que vem acontecendo desde as décadas de 70 e 80, mas que, no Brasil, é desde 1990 que vem ganhando força”, conta.

Andreia Dalla Colletta

Saiba Mais
O Teatro do Oprimido é uma metodologia que começou no Brasil, e foi sendo descoberta por diversos países da América Latina, até alcançar os mais de 70 países onde hoje é praticada. Um de seus momentos históricos aconteceu no Peru, no ano de 1973, quando Augusto Boal participou do processo de reforma educacional peruana, juntamente com Paulo Freire. Foi no Peru que Boal descobriu a técnica mais usada hoje do mundo, o Teatro-Fórum. Nesta categoria, a barreira entre palco e plateia é destruída e o diálogo, implementado.
Fonte: CTO

Inscrições e informações:
Fundação Casa das Artes
Rua Herny Hugo Dreher, 127 – Bento Gonçalves
(54) 3454 5211

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br




Curta o SERRANOSSA