Camarote
03/08/2018 12:46:21, escrita por SERRANOSSA

Patrocínio do CIC garante realização do 26º Bento em Dança

A 26ª edição do Bento em Dança está confirmada para outubro, como vinha acontecendo desde 1993. Com uma trajetória invejável que registra a participação de 150 mil bailarinos de mais de 20 países, o evento, considerado um dos principais festivais de dança do país no gênero, encontrou acolhida no meio empresarial. O Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG) acaba de confirmar coparticipação, garantindo a cobertura de investimentos imprescindíveis para a realização do evento.
 
O apoio garante a locação do espaço que compreende o Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, além do consumo de água e energia elétrica. “O CIC abraçou o Bento em Dança e garantiu a continuidade do evento. Este apoio é de fundamental importância para seguir promovendo a arte da dança, formando bailarinos do Brasil e do exterior”, agradece a presidente do Bento em Dança, Erci Grapiglia.
 
Junto com o Centro está a Fundaparque, administradora do Parque de Eventos. O presidente do CIC-BG, Elton Gialdi, anunciou o suporte em reunião com o secretário de Turismo, Rodrigo Parisotto, realizada no início da tarde desta quarta-feira, 7. O empresário adiantou que buscará respaldo junto a outras entidades da cidade. “O Bento em Dança é de Bento, promove a cidade, atrai visitantes e faz nossa economia girar. O CIC não poderia deixar que este sonho chegasse ao fim”, destaca o presidente Elton Gialdi. Parisotto se comprometeu com serviços de logística.
 
A interrupção do evento havia sido anunciada pela presidente Erci Grapiglia na cerimônia de abertura no ano passado. A falta de incentivo levou à decisão, que imediatamente resultou no movimento #ficaBentoemDança. Bailarinos e coreógrafos manifestaram-se a favor da continuidade, assim como Ana Botafogo e Carlinhos de Jesus, artistas que já participaram do Bento em Dança no palco e como jurados e professores. Na ocasião, o secretário de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul, Victor Hugo Alves da Silva, também deu seu depoimento lamentando o fim do evento.
 
“Agora vamos recuperar o tempo perdido e organizar a 26ª edição. As luzes do palco não se apagaram, pelo contrário, estão mais acesas do que nunca. Com certeza, hoje, o mundo da dança segue embalado pelo ritmo da felicidade”, finaliza Erci, que também aposta no apoio do Poder Público Municipal. 
 
Somente na edição anterior, o Bento em Dança reuniu mais de 6.327 bailarinos em 627 coreografias e 18 oficinas. O festival também premiou os destaques com 22 bolsas de estudo em escolas na Itália, no Uruguai e no Brasil.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA