Economia
26/01/2011 15:03:37, escrita por SERRANOSSA

Fecomércio prevê criação de 100 mil vagas em 2011

Mesmo com bom índice estudo da entidade mostra dificuldades na oferta de mão de obra qualificada

A expectativa da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do RS (Fecomércio-RS) para a geração de empregos no Rio Grande do Sul em 2011 é positiva, tendo em vista as projeções para o crescimento dos setores e do PIB do Estado, de forma que o ano deve terminar com um saldo de cerca de 100 mil novos postos de trabalho. Conforme estudo realizado pela Assessoria Econômica da entidade, o quadro atual do mercado de trabalho gaúcho, no entanto, pode criar um limite para a oferta de mão de obra, fazendo com que o crescimento seja menor do que o potencial da economia.

Na avaliação da Fecomércio-RS, é possível observar falta de trabalhadores com a qualificação exigida pelas empresas para preencher suas vagas, e isso ocorre em razão da baixa taxa de desemprego atual, próxima a 3,5%, que se situa em patamares recordes. Assim, é possível que algumas dessas empresas, ao não terem suas exigências mínimas de capacitação atendidas, substituam postos de trabalho que seriam criados por outras formas de aumentar sua produção, impedindo uma geração maior de empregos.

Pelo estudo da Fecomércio-RS, “como a conjuntura atual de desemprego em níveis baixos constitui uma situação inédita no mercado de trabalho, a Federação destaca que, conforme suas projeções, existe um potencial de postos de trabalho a serem criados, que deve se elevar em aproximadamente 4,3%. A concretização destas projeções irá depender da capacidade de oferta de mão de obra dos trabalhadores, que pode esbarrar em problemas de qualificação mínima exigida para os postos criados”.

Com informações da Agência de Notícias Fecomércio.

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br




Curta o SERRANOSSA