Economia
15/12/2011 10:11:41, escrita por SERRANOSSA

Aumento de 19% em vendas no Vale dos Vinhedos

Empresas devem fechar o ano com recorde de vendas

A venda de espumantes brasileiros vem crescendo a cada ano. As vinícolas do Vale dos Vinhedos, responsáveis por mais de 40% do total da bebida comercializada no Rio Grande do Sul, já festejam um incremento de 19% nas vendas de espumantes de janeiro a outubro se comparado ao mesmo período do último ano, superando, inclusive, o aumento médio nacional que é de 8%. Com as festas de final de ano, a expectativa é ainda melhor. Tudo indica que seja registrado recorde na comercialização superando em 20% o desempenho de 2010.

Nos primeiros dez meses deste ano, as vinícolas do Vale comercializaram 3.749.719 litros de espumantes contra 3.149.655 no ano passado. Deste total, 3.618.547 de litros foram absorvidos pelo mercado interno e somente 131.172 litros foram exportados. Entretanto, mesmo com um montante pouco representativo as exportações de espumantes do Vale mais que dobraram. Os 59.658 litros exportados no ano passado pularam para 131.172 litros este ano, apresentando incremento de 120%.

Ambos os espumantes – brut e moscatel - vêm crescendo em vendas mas, entre as vinícolas do roteiro, é o brut que lidera o ranking, sendo o mais vendido. Nos primeiros 10 meses deste ano, enquanto foram comercializadas 3.141.316 litros, o equivalente a 4.188.000 garrafas do espumante brut, o total de espumante moscatel não ultrapassou as 636.000 garrafas.

De acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), Rogério Carlos Valduga, a projeção é de que o ano feche superando em 20% a venda de espumantes do ano passado que foi de 4.596.086 litros, ou seja, 6.128.000 garrafas. “Tudo indica que as vinícolas do Vale dos Vinhedos terminarão 2011 com uma venda de mais de seis milhões de garrafas de espumante, o que nos deixa muito satisfeitos”, comemora.


Comercialização de espumantes no Vale dos Vinhedos - janeiro a outubro

Mercado Interno

2009 - 2.596.558 litros - 3.462.000 garrafas                            
2010 - 3.089.997 litros - 4.120.000 garrafas - crescimento de 19%
2011 - 3.618.547 litros - 4.824.000 garrafas - crescimento de 19%

Mercado Externo

2009 - 27.657 litros - 37.000 garrafas                                 
2010 - 59.658 litros - 80.000 garrafas - crescimento de 116%
2011 - 131.172 litros - 175.000 garrafas - crescimento de 120%

Fonte: União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra)

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Grupo SerraNossa



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA