Economia
22/03/2012 11:36:16, escrita por SERRANOSSA

Agas realiza debate sobre uso de sacolas plásticas

De acordo com pesquisa, consumidores são contra a proibição

Os supermercadistas gaúchos consideram prematura a eliminação de sacolas plásticas do varejo, adotada em Estados como São Paulo e Minas Gerais. Quem afirma é do presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Longo. A questão será debatida no dia 11 de abril, na segunda edição do “Fórum Agas das sacolas plásticas: problema ou solução?”, reunindo ambientalistas, especialistas consumidores, varejo, indústria e autoridades para debater os reais impactos do uso dos sacos plásticos no varejo e a criação de alternativas e de campanhas de redução do consumo das sacolas.

Para Longo, a praticidade e a modernidade criaram hábitos e necessidades que outras alternativas não oferecem. “Além disso, ainda é cedo para decretarmos que o plástico tradicional é o maior vilão, já que aditivos de biodegradação criados no passado já se comprovaram ineficazes e até mais prejudiciais ao meio ambiente do que as sacolinhas comuns”, explica, lembrando que o material chamado oxibiodegradável, apontado como solução há alguns anos, hoje é comprovadamente mais danoso à natureza.

Após um programa de redução da distribuição das sacolas realizado pela Agas há três anos, o consumo caiu cerca de 20%. "Atualmente, os supermercados gaúchos gastam anualmente R$ 190 milhões na aquisição de 1,5 bilhão de sacos plásticos fornecidos aos consumidores”, calcula Longo. Estudos mostram que 65% das sacolas plásticas ainda saem dos caixas sem ter sua capacidade total utilizada e que 13% dos gaúchos levam sacolas extras para outras utilizações em casa.

Opinião dos consumidores

Uma pesquisa encomendada pela Agas ao Instituto Segmento, em julho de 2011, mostrou que 81,1% dos consumidores se posicionam contra a proibição do uso das sacolas plásticas no Rio Grande do Sul. A posição foi endossada em fevereiro deste ano, quando o Movimento das Donas de Casa procurou a associação supermercadista para reivindicar a continuidade da distribuição gratuita de sacolas plásticas no varejo gaúcho.

 

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Grupo SerraNossa



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA