Economia
23/01/2013 11:23:44, escrita por SERRANOSSA

Campanha estimula consumo de vinhos no país

Iniciativas visam aumentar o consumo de vinhos de 1,9 para 2,5 litros per capita até o final de 2016

O ano de 2013 já é comemorado pelo setor vitivinícola. O acordo de cooperação com supermercadistas e importadoras para estimular o consumo de vinhos nacionais já está sendo colocado em prática e deve ampliar o consumo da bebida em todo o país ainda este ano. A meta é aumentar o consumo de 1,9 litro para 2,5 litros per capita até o final de 2016.

Quem trabalha no projeto é a Cadeia do Vinho, formada pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Bebidas (A.B.B.A), Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe), União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra) e Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). A meta da Cadeia do Vinho é ampliar a venda de vinhos finos brasileiros de 19 para 40 milhões de litros em quatro anos. 


“No Verão, vá de Vinho Branco”

Para começar a empreitada, foi lançada uma campanha promocional dos vinhos brancos no varejo, visando aumentar o consumo desses itens em 20%, especialmente no verão (de janeiro e março). No material promocional distribuído junto aos produtos nos supermercados, o vinho branco, ideal para consumo nessa estação, forma a imagem de um sol.

Até o momento, já aderiram à campanha mais de 20 lojas de supermercados em Porto Alegre e 30 em São Paulo. No Rio Grande do Sul já estão confirmadas as participações das redes Pão de Açúcar, Carrefour, Zaffari, Rissul e Walmart (Big e Nacional). 

 
Projeto setorial

Para vender mais vinho, é preciso aproximar ainda mais produtores (principalmente os pequenos e médios) e os varejistas. Essa é a proposta do projeto Conhecendo os Vinhos do Brasil, cuja primeira edição acontece de 31 de janeiro a 3 de fevereiro, na Serra Gaúcha.

Haverá rodadas de negócios para integrar compradores de supermercados e produtores. Já está confirmada a participação de 50 vinícolas e cerca de 50 compradores de diversas redes e importadoras do país.

Ainda neste ano, a Cadeia do Vinho trabalha para a criação do Fundo de Promoção e Ordenamento do Mercado Vitivinicola no Brasil, no âmbito da Câmara Setorial da Viticultura, Vinhos e Derivados, órgão consultivo junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), em Brasília. A previsão inicial é que este trabalho seja concluído durante este ano, quando seria proposta formalmente a criação do fundo, através de legislação específica.


É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.


Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA


O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários publicados no portal.




Curta o SERRANOSSA