Economia
03/04/2013 10:08:06, escrita por SERRANOSSA

Ovos de Páscoa estão 5% mais caros neste ano

Foco dos supermercados voltam a ser os chocolates para crianças, com opções mais baratas

A Páscoa no final de março representará menos consumo de chocolate, segundo pesquisa encomendada pela Associação Gaúcha de Supermercados (Agas). Com as temperaturas ainda altas, a tendência é que o doce seja menos consumido e a data represente um crescimento de apenas 5% em relação a 2012 nas vendas dos supermercados no Estado. Ao todo, os supermercados gaúchos vão comercializar 9 milhões de ovos, que vão alavancar um faturamento de R$ 89 milhões para o setor.

Enquanto em 2012 a Páscoa foi marcada pelos ovos para adultos no mercado, em 2013 a festividade volta seu foco para o público infantil. “Os ovos para crianças foram os que menos subiram de preço. A indústria ampliou o mix infantil, dando opções mais baratas, com menos brinquedos e mais chocolate”, afirma o presidente da Agas, Antônio Cesa Longo. A pesquisa apontou ainda que, para 56,6% dos entrevistados, as crianças influenciam muito na decisão da compra dos ovos.

Um aumento na Margem de Valor Agregado (MVA), determinada pelo Governo do Estado para o cálculo da substituição tributária incidente sobre chocolates de fora do Estado, vai ocasionar diferenças de até 25% nos preços de ovos do mesmo tamanho. O presidente da Agas que recomenda aos consumidores que pesquisem os preços e tenham criatividade para driblar os reajustes mais altos. Em média, os itens para a Páscoa estarão 5,6% mais caros que em 2012 (índice não deflacionado).

Uma das preocupações da Agas é quanto ao acúmulo de pessoas nos supermercados nos últimos dias antes do domingo de Páscoa. Segundo o Instituto Segmento, responsável pela pesquisa, 78% dos consumidores pretendem realizar as compras de Páscoa na última semana que antecede a festa, sendo que 25% devem comprar no dia ou na véspera. “Aconselhamos a antecipação da compra para evitar transtornos e filas, e garantir a aquisição do produto desejado”, explica Longo.

Considerada a segunda melhor data de vendas para o setor supermercadista gaúcho – atrás apenas das festas de fim de ano –, a Páscoa gera otimismo entre os empresários do segmento. Segundo a pesquisa, o crescimento deverá ser da ordem de 5% nas vendas em relação à Páscoa de 2012. 


Vinhos nacionais

De acordo com a pesquisa encomendada pela Agas sobre expectativa de consumo para a Páscoa, 46% dos consumidores vão adquirir vinhos nacionais para a data. “É a consolidação da qualidade do vinho da Serra, que tem um valor bem mais em conta”, garante Longo. Os supermercados ouvidos projetam um crescimento de 8% nas vendas de vinhos nacionais no período e de 3,1% nos vinhos importados.

 
É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.


Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA


O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários publicados no portal.




Curta o SERRANOSSA