Economia
04/03/2013 10:08:03, escrita por SERRANOSSA

Estado perde liderança na exportação de móveis

Santa Catarina ultrapassou o Rio Grande do Sul nas vendas internacionais em fevereiro

O Rio Grande do Sul perdeu a liderança que vinha mantendo desde agosto de 2012 entre os estados brasileiros que exportam móveis. Dados referentes ao mês de fevereiro deste ano colocam as vendas internacionais dos moveleiros gaúchos atrás do desempenho registrado pelas empresas de Santa Catarina.

O Estado contabilizou, no período, US$ 25.937.834 e 27,3% de participação no Brasil – perdendo para o estado vizinho, que exportou US$ 26.982.822. No segundo mês do ano, o principal destino dos móveis gaúchos continuou sendo o Uruguai, que importou US$ 3.062.527 do Rio Grande do Sul, seguido pelo Reino Unido, Peru, Chile e Colômbia. As informações estão no relatório de exportações, divulgado pela Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), em conjunto com o Centro Gestor de Inovação (CGI Moveleiro) e a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Na avaliação do presidente da Movergs, Ivo Cansan, os números reportados são consequência de uma série de fatores já conhecidos e que prejudicam a competitividade dos móveis gaúchos em âmbito internacional. “Preocupa-nos saber que entraves como o custo Brasil, falta de investimentos em infraestrutura e logística tendem, a longo prazo, a dificultar ainda mais o exercício das exportações para nossas indústrias e diminuir sua participação no mercado. Necessitamos de medidas de suporte para manter a sobrevivência das empresas gaúchas, que tanto investem em tecnologia, diferenciais e valor agregado em seus produtos de modo a torná-los atrativos para o consumidor”.


É proibida a reprodução, total ou parcial, do texto e de todo o conteúdo sem autorização expressa do Grupo SERRANOSSA.


Siga o SERRANOSSA!

Twitter: @SERRANOSSA

Facebook: Grupo SERRANOSSA


O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários publicados no portal.




Curta o SERRANOSSA