Economia
13/07/2018 11:34:45, escrita por Raquel Konrad

Dívida no comércio cresce pelo terceiro ano consecutivo e valor ultrapassa R$ 12 milhões em Bento

Há pelo menos três anos, o número de inadimplentes em Bento Gonçalves não para de crescer. Dados divulgados nesta semana pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL-BG) apontam que no primeiro semestre de 2018, comparado com o mesmo período de 2017, as dívidas contraídas no comércio local aumentaram 5,85% – ou seja, passaram de R$ 11.493.088 para R$ 12.165.433,60. 

Um dos motivos para o aumento do número de devedores é o ambiente macroeconômico do país, aliado a eventos específicos do primeiro semestre – como a greve dos caminhoneiros e a Copa do Mundo. “Estamos caminhando a passos lentos para sair de um cenário de recessão, que reduziu o poder de compra de boa parte da população e impactou seus hábitos de consumo. Com menos dinheiro disponível no orçamento, as pessoas priorizam a contração de despesas: alimentação, educação e saúde, por exemplo – deixando, muitas vezes involuntariamente, de cumprir com compromissos financeiros de outra ordem”, avalia o presidente da CDL-BG, Marcos Carbone.

Se os dados quanto à inadimplência no comércio já eram críticos, a inclusão da prefeitura de Bento Gonçalves entre os clientes do Serviço de Proteção ao Crédito da CDL-BG fez os índices serem ainda mais alarmantes. Com a inserção de devedores de taxas e tributos como o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), por exemplo, a inadimplência no município chega a impressionantes R$ 15.059.312. 

Prevenir é a melhor solução

Boa venda é aquela em que o lojista efetivamente recebe pelo produto entregue ao cliente – a máxima defendida pelo presidente Carbone alerta os comerciários para a cada vez mais latente necessidade de estudar criteriosamente a concessão de crédito antes de fechar negócio no estabelecimento. “De nada adianta bater a meta de faturamento se o fluxo de caixa não estiver refletindo esse cenário. Mais fácil do que cobrar uma dívida é praticar uma venda segura, ou seja, evitar a ocorrência da inadimplência por meio da checagem de crédito”, recomenda.

Para o lojista que deseja evitar as dores de cabeça trazidas pela inadimplência, a CDL-BG oferece o curso de Crédito e Cobrança – com aulas nos dias 14, 15 e 16 de agosto, das 19h30 às 22h. No programa, temas importantes como Crédito e Cobrança (Inadimplência, Controle da Inadimplência, Crediário, Manual de consulta ao SPC e Régua de Cobrança) e Código de Defesa do Consumidor (análise, direitos, cuidados para prevenir golpes e roubo). O investimento para participar do curso é de R$ 130. 


 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA