Economia
27/09/2019 13:52:03, escrita por SERRANOSSA

Exportações crescem 13% no polo moveleiro de Bento Gonçalves

Com desempenho superior à indústria de móveis do estado e do Brasil como um todo, o polo moveleiro de Bento Gonçalves apresentou um crescimento de 13% em suas exportações de janeiro a agosto, em comparação ao mesmo período do ano passado. Conforme dados levantados junto ao Ministério da Economia / Secretaria de Comércio Exterior (SECEX), as empresas locais exportaram 29 milhões de dólares nos oito meses de 2019.

O principal comprador dos móveis produzidos no polo de Bento Gonçalves é o Uruguai, e outros destinos principais são a Arábia Saudita, Chile, Colômbia, México, Panamá, Paraguai e Peru. Destaque especialmente para os Estados Unidos, que passaram de 4º principal comprador para a 2ª colocação, e Reino Unido, que nem figurava entre os 10 maiores destinos e agora está na 6ª posição. 

O presidente do Sindmóveis, Vinicius Benini, comemora o aumento de 13% no polo diante do crescimento de 2,5% nas exportações do RS e queda de 1,6% na indústria moveleira nacional. Ele avalia que o volume de exportações moveleiras tende a se ampliar ainda mais nos próximos meses. Atualmente, o mercado mundial de móveis tem importações de em torno de 170 bilhões de dólares, sendo que o Brasil detém menos de 0,5% desse mercado. “Existe um grande potencial para as exportações e muitas exigências de preparação e investimento para realizar negócios com o mercado externo, muito em função da alta concorrência e exigência de competitividade internacional”, afirma.


 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA