Economia
18/03/2021 11:17:13, escrita por SERRANOSSA

Bento registra aumento na criação de empregos, com 855 postos em janeiro

Número representa crescimento de 34% em relação ao mesmo período do ano passado

O Observatório do Trabalho da Universidade de Caxias do Sul divulgou nesta quinta-feira, 18/03, a Carta de Janeiro do Mercado Formal de Trabalho. A análise mostra que o ano de 2021 começou com criação de empregos acima do esperado pelo mercado. No âmbito Brasil, havia consenso para um saldo positivo de cerca de 189 mil vagas, porém, houve criação de 260 mil empregos formais. O dado caracterizou o mês como o de maior geração de empregos para janeiro desde o início da série histórica, em 1992.

Na região de abrangência da UCS, o comportamento não foi diferente: todos os quatorze municípios registraram criação de empregos. Em Vacaria houve a maior geração de postos de trabalho, com 6 mil novos empregos. Caxias do Sul, por sua vez, foi a segunda cidade que mais gerou vagas, com 1,6 mil admissões líquidas. Em terceiro lugar ficou Bento Gonçalves, com 855 postos criados. 

Em Bento, no mês de janeiro foram registradas 2,4 mil admissões e 1,5 mil desligamentos. O saldo de 855 é 34% superior ao resultado de janeiro do ano passado, quando foram abertas 635 vagas. 
Dessa forma, a cidade contou com um estoque de 40,3 mil empregos formais. O resultado foi motivado, principalmente, pela Indústria, que gerou 576 empregos com carteira assinada, um aumento de 3,31%. Em seguida, os Serviços contaram com 245 postos de trabalho abertos, aumento de 2,22%. 

Apesar do desempenho positivo, o Comércio contou com mais demissões que admissões, assim, obteve 19 empregos encerrados. 

Nos últimos 12 meses, houve 612 vagas abertas em Bento Gonçalves, sendo a Indústria o principal gerador, com 999 empregos criados, acréscimo de 2,98%. Os Serviços, por outro lado, registraram 550 empregos fechados, retração de 2,34%.
 




Curta o SERRANOSSA