Economia
04/08/2021 10:35:26, escrita por SERRANOSSA

Convenção coletiva define que mercados não poderão utilizar mão de obra empregada em feriados

O Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves (SEC-BG) e o Sindicato Intermunicipal do Comercio Varejista de Gêneros Alimentícios (Sindigêneros-RS) assinaram no dia 30/03 a Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2022. Entre as principais cláusulas do documento está a proibição de utilização de mão de obra empregada em feriados, exceto quando houver acordos coletivos entre as empresas e o sindicato dos empregados, com a ciência do sindicato patronal.

Conforme a presidente do SEC-BG Orildes Lottici, “a CCT de gêneros alimentícios traz um grande avanço para as relações de trabalho no setor. É um exemplo da importante participação dos sindicatos, tanto laboral, quanto patronal, nas verdadeiras questões que envolvem o dia a dia de funcionários e de empresas”.

O documento é válido até 28 de fevereiro de 2022 e estipula as condições de trabalho em minimercados, supermercados, fruteiras e atacarejos, nas cidades de Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Garibaldi, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Prata, Paraí e Veranópolis.

Reajustes salariais

Os salários de 2021 tiveram um reajuste de 6,22%, válido a partir de 1º de março deste ano. Já os salários referentes ao ano de 2020 foram reajustados em 3,92%. As empresas que tiverem diferenças salariais do período passado deverão fazer a quitação em até 4 parcelas, devendo a primeira parcela ser paga juntamente com a folha de pagamento do mês de abril de 2021.

O SEC-BG recomenda que empresas e escritórios contábeis tenham conhecimento da Convenção na sua integralidade. O documento poder ser acessado também no site www.secbg.org.br. Mais informações pelo telefone (54) 3452-2535 ou WhatsApp (54) 99633-2535.
 




Curta o SERRANOSSA