Esporte
22/10/2019 13:42:03, escrita por SERRANOSSA

Atleta transgênero rebate críticas após vencer Mundial de Ciclismo feminino

A ciclista canadense transgênero Rachel McKinnon venceu o Campeonato Mundial UCI Masters Track Cycling 2019, na categoria feminino, de 35 a 39 anos, realizado em Manchester, no último dia 19. A medalha de prata ficou com a americana Dawn Orwick e o bronze, com a dinamarquesa Kirsten Herup Sovang. O evento contou com a participação de 570 atletas de 36 países.


Nas redes sociais, várias pessoas contestaram a vitória da atleta. Em resposta no Twitter, no último domingo, dia 20, Rachel rebateu os críticos: “Ainda não encontrei uma verdadeira campeã que tenha problema com mulheres trans. Campeões de verdade querem uma concorrência mais forte. Se você vencer porque o fanatismo proibiu sua concorrência... você é uma perdedora”.


Além disso, desabafou: “Todos meus exames médicos dizem que sou uma mulher. Meus médicos me tratam como mulher, minha licença de atleta diz que sou mulher, mas pessoas que se opõem à minha existência insistem em pensar que sou um homem. Então, essas pessoas aceitam que eu seja uma mulher para tudo na sociedade, menos no esporte, eu não acho isso justo”.


Confira os resultados da prova: http://www.cyclingmasters.com/site/results/450-f35-39-sprint-final-result-2019

 

 

 

 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA