Geral
18/03/2011 16:30:28, escrita por SERRANOSSA

Consequências da expansão

A zona norte da cidade tem sido o ponto escolhido para a expansão bento-gonçalvense. É onde há áreas disponíveis para comportar o boom imobiliário e os empreendimentos residenciais com facilidade de crédito. O problema é que a infraestrutura existente não é suficiente. Quem começa a dar sinais de falência é a via utilizada para ter acesso ao local. Buracos são frequentemente verificados, obrigando os motoristas a ziguezaguear pela rua. 

As recentes mudanças para melhorar o tráfego, em especial na avenida São Roque, não reduzem o problema, já que os carros continuarão transitando por ali até que não sejam criadas novas ligações.

As obras de recuperação da camada asfáltica na ligação do eixo norte-sul iniciaram em outubro do ano passado pela rua 10 de novembro, no bairro Cidade Alta. O projeto estava dividido em três etapas, totalizando 12 mil metros quadrados de asfalto substituído, estendendo-se até a avenida São Roque. Mas, passados quase cinco meses, o recapeamento ainda precisa ser feito no trecho compreendido entre a Estação Rodoviária e a avenida São Roque, próximo ao 6° Batalhão de Comunicações (6º BCom). A continuação da recuperação ainda não há data para execução. O investimento calculado inicialmente em R$ 540 mil não foi suficiente para todo o trecho. 

Confira a matéria completa na edição desta sexta-feira do SerraNossa.

Siga o SerraNossa!

Twitter: http://www.twitter.com/serranossa

Facebook: Jornal SerraNossa

Orkut: http://www.orkut.com.br



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA