Geral
24/06/2019 16:45:53, escrita por SERRANOSSA

Garibaldi: mais de R$ 3 milhões são investidos anualmente na destinação de resíduos

Todos os itens consumidos pelo ser humano geram resíduos e sua destinação adequada é determinante para a manutenção do planeta. Largado no meio ambiente, o lixo pode ser a causa de enchentes, disseminação de doenças e até a extinção de algumas espécies, além da poluição.

Em Garibaldi, uma média de 20 toneladas de lixo é produzida diariamente, o que corresponde a mais de 18 kg por habitante por mês, com base nos dados da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), referentes ao último ano. Anualmente, são investidos mais de R$ 3 milhões em coleta, transporte e destinação dos resíduos, incluindo o aterro sanitário e a triagem dos resíduos sólidos.

Diariamente, o município realiza a coleta de resíduos sólidos de residências, estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços, além de efetuar a limpeza pública urbana. O serviço é feito conforme o calendário estabelecido para os bairros, zonas urbanas e rurais.

 

Eletrônicos
Para garantir a destinação correta aos equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos, a SMMA conta com um ponto fixo para a entrega deste tipo de resíduo, no Ginásio Municipal de Esportes, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

 

Volumosos
Itens como móveis e estofados também demandam uma destinação específica, mas diferente dos eletrônicos. Para viabilizar o descarte correto e eliminar o acúmulo de materiais em locais inadequados, a SMMA oferece um contêiner itinerante para resíduos volumosos. O recipiente é disponibilizado em um ponto diferente do município em cada semana.

Dúvidas sobre a separação e descarte correto de resíduos podem ser esclarecidas pelo telefone (54) 3462 8104.
 



O SERRANOSSA não se responsabiliza pelas opiniões expressadas nos comentários deixados pelos leitores e adverte que o conteúdo pode ser reproduzido em reportagens. O teor das mensagens está sujeito a moderação.



Curta o SERRANOSSA