Geral
12/06/2019 13:34:02, escrita por SERRANOSSA

Presidente Jair Bolsonaro é recebido com festa em Bento Gonçalves

Bento Gonçalves viveu uma semana diferente em função da realização da 55ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados e da presença do presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro. A presença maciça de soldados do Exército, da Polícia do Exército (PE) e da Polícia Federal (PF) se somaram às forças de segurança que já atuam na cidade para garantir que o evento transcorresse sem incidentes. Houve reforço com policiamento em motocicletas e helicópteros.

A cúpula começou ainda na quarta-feira, dia 4, e teve seu ponto alto no dia 5, com a presença de Bolsonaro e de outros presidentes e representantes do bloco, como Mauricio Macri, da Argentina, Mario Abdo Benítez, do Paraguai, e Lucía Topolansky, vice-presidente do Uruguai, que representou Tabaré Vázquez, ausente por problemas de saúde. 

Bolsonaro chegou à cidade pouco depois das 9h da última quinta-feira, dia 5. Ele desembarcou do helicóptero do GTE (Grupo de Transporte Especial) da Força Aérea Brasileira no Aeroclube e, antes de se dirigir ao Spa do Vinho, no Vale dos Vinhedos, onde acontecia a Cúpula, participou da inauguração da 6ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no quilômetro 217 da BR-470, onde foi recebido por crianças. No trajeto através do Vale dos Vinhedos, muitos apoiadores prestaram homenagem ao presidente com faixas e bandeiras ao longo da ERS-444 – a comitiva presidencial parou em diversos momentos.

Um forte aparato de segurança foi montado, com bloqueios nos quais era permitida apenas a entrada de pessoas e veículos cadastrados previamente. As ações da cúpula se concentraram no Spa do Vinho e na Vinícola Miolo, que atenderam exclusivamente ao evento. Além das reuniões previstas na programação do encontro, o presidente Jair Bolsonaro participou do plantio das vinhas do Mercosul, no parreiral que fica no entorno do hotel. Na parte final do evento, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, anunciou investimentos na área da saúde, num total de R$ 213 milhões, dos quais R$ 2,3 destinados a Bento Gonçalves – duas verbas para o Samu, totalizando R$ 221 mil, duas para o Hospital Tacchini (R$ 1,6 milhão) e outros R$ 450 mil, para os quais ele não especificou a destinação.




Curta o SERRANOSSA