Geral
14/02/2020 09:00:41, escrita por SERRANOSSA

RGE investirá R$ 738 mil para renovar parte da iluminação pública de Bento Gonçalves

Ação, que também contempla a troca de lâmpadas em uma praça e em um ginásio de esportes, irá gerar economia de R$ 150 mil ao ano para o município

A RGE está investindo R$ 738 mil na renovação da iluminação de uma avenida, um ginásio de esportes e uma praça em Bento Gonçalves. A execução das ações ocorrerá em parceria com o município, que cadastrou projeto na Chamada Pública de Eficiência Energética da distribuidora.

A previsão é substituir 389 pontos de iluminação pública no trecho da avenida que tem uma extensão aproximada de 8,5km e possui vários nomes iniciando com Nelson Carraro na divisa com a cidade de Garibaldi e terminando com o nome de Av. São Roque.


Foto: Divulgação/RGE


 

O Ginásio Municipal De Esportes localizado na rua avenina Presidente Costa e Silva, 212, também terá a sua iluminação interna toda substituída, em torno de 40 pontos de iluminação. As novas lâmpadas de LED permitirão que os jogos disputados no espaço ocorram com a iluminação dentro dos padrões da FIFA para eventos do setor. Além disso serão substituídos 24 pontos de iluminação na Praça CEU, no bairro São Roque, terá a sua iluminação renovada a partir da instalação de lâmpadas LED em substituição às atuais, de vapor metálico.

As ações devem iniciar nos próximos dias. A RGE estima que o município tenha economia de R$ 150 mil ao ano com as contas de energia em função do novo sistema de iluminação. Isso se deve a 211,43 MWh/ano de energia economizada e uma redução na demanda de ponta de 25,65 kW.

Segundo a Consultora de Negócios da RGE, Polyanna Cunha, em poucas semanas os moradores de Bento Gonçalves poderão perceber os benefícios desta ação em termos de qualidade da iluminação e, também, no sentimento de segurança ao transitarem pelos espaços que receberão as ações. “Sabemos que um local bem iluminado nos gera uma maior sensação de segurança. É motivo de orgulho para a RGE, enquanto distribuidora de energia que atende o município, poder contribuir para a renovação de parte do sistema de iluminação da cidade e beneficiar todos os moradores”, destaca Polyanna.


Já o Engenheiro de Eficiência Energética da RGE, Cristian Sippel, destaca o salto que Bento terá com a iluminação de LED. “As lâmpadas são mais eficazes na iluminação, mais econômicas, duradouras e exigem menos manutenção. Ou seja, se comparadas às luminárias dos modelos mais antigos, elas representam grandes ganhos em termos de qualidade da luz emitida e nos valores para a manutenção do sistema num médio prazo”, comenta Sippel.


Para a RGE, essas ações são um ponto de partida. A distribuidora espera que as organizações, tanto públicas quanto privadas, possam ter outras práticas voltadas ao consumo consciente de energia e à substituição de equipamentos menos eficientes pelas novas tecnologias. Isso tudo, além de eficientizar o consumo, ainda gera economia financeira aos locais que adotarem as práticas, podendo direcionar os valores para outras necessidades.


Sobre a RGE
Responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,9 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.


Os investimentos realizados pela RGE contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.  
Sobre a CPFL Energia


A CPFL Energia, há 107 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.


Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,7 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.


Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis (99,94%), maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 4.304 MW, no final de setembro de 2019.
A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3 e ADR Nível III na NYSE. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.




Curta o SERRANOSSA