Geral
07/03/2020 16:01:10, escrita por Eduarda Bucco

Municípios da Serra propõem mudanças no modelo de distanciamento controlado

Nesta sexta-feira, 03/07, o governador Eduardo Leite irá anunciar a nova classificação das regiões de acordo com o modelo de distanciamento controlado. De acordo com o presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne) e prefeito de Cotiporã, José Carlos Breda, a expectativa é que a região da Serra Gaúcha volte novamente à bandeira vermelha, devido ao alto número de casos e internações registrados nos últimos dias. 

Dessa forma, em reunião junto ao Observatório Regional da Saúde, foi elaborada uma proposta de mudança do modelo do estado, a fim de evitar o retorno à classificação mais restritiva. “Nós queremos que não sejam mais utilizados os dados do último dia de análise em relação à semana passada, e sim que seja feita uma média da semana. Porque isso prejudica muito a região. Ontem houve várias novas internações, o que nos empurra para a bandeira vermelha. Mas em outros dias da semana tivemos um número muito reduzido. Se esses dias fossem avaliados, por exemplo, estaríamos mais próximos da bandeira amarela”, explica Breda. “Nós não queremos contestar. Nós queremos mostrar que a nossa região tem condições de atendimento. Nunca tivemos tantos leitos vagos quanto agora”, complementa. 


 

O Observatório foi formado na semana passada, a partir de uma reunião em que os chefes de executivo demonstraram preocupação com a classificação da então bandeira vermelha no Modelo de Distanciamento Controlado. O grupo é formado por prefeitos da região, entidades empresariais e pela própria coordenadoria regional de saúde, coordenados pela professora Scheila de Avila, do Laboratório de Bioinformática e Biologia da UCS. “O Observatório faz o monitoramento da evolução [da pandemia] e dá parâmetros para que possamos tomar decisões estratégicas para evitar o aumento das restrições”, explica Breda. 
 

Imagem: Governo do RS




Curta o SERRANOSSA