Geral
31/07/2020 20:27:33, escrita por SERRANOSSA

Distanciamento controlado: mapa preliminar aponta 12 regiões em vermelho

Das 20 regiões do Distanciamento Controlado, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja) no mapa preliminar da 13ª rodada, divulgado nesta sexta-feira (31/07). Como ainda existem 36 horas para municípios e associações apresentarem pedidos de reconsideração, as bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira (03/08).

Em reunião extraordinária do Gabinete de Crise convocada pelo governador Eduardo Leite, foram definidas mudanças na pontuação de três indicadores que medem a velocidade de avanço da doença, dois que monitoram a incidência (hospitalizações e óbitos) e mais dois de capacidade instalada (leitos livres/leitos Covid).

Além disso, já foi considerado no cálculo o ajuste anunciado na quinta-feira (30/07), passando a considerar o saldo do número de pacientes recebidos de outras macrorregiões (importados) e os transferidos para fora.

Levando em conta essas mudanças e outras mudanças, das oito regiões que já estavam em bandeira vermelha nesta 12ª rodada, apenas Capão da Canoa, depois de seis semanas consecutivas (desde o dia 23 de junho) classificada com alto risco, passou para laranja – como é mudança para bandeira menos restritiva, já vale a partir deste sábado, 01/08. Assim, permanecem na vermelha Canoas, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Taquara, Palmeira das Missões e Passo Fundo.

A região da Serra Gaúcha, entretanto, adotou nesta sexta-feira, 31/07, a bandeira "intermediária", criada pela Amesne. A classificação é um "meio termo" entre a bandeira laranja e vermelha, permitindo a abertura de setores como comércio e serviços, seguindo medidas específicas. 

Quatro regiões – Bagé, Pelotas, Santa Rosa e Santo Ângelo – que nesta semana estavam sob bandeira laranja (risco epidemiológico médio) por terem tido seus recursos acolhidos pelo Gabinete de Crise na última segunda-feira, 27/07, foram novamente classificadas preliminarmente com bandeira vermelha.

Municípios podem adotar bandeira laranja

Conforme o mapa preliminar, 340 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 8.749.268 habitantes, ou seja, 77,2% da população gaúcha (total de 11.329.605 habitantes).

Desses, 170 municípios e (955.905 habitantes, 8,4% do RS) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Clique para ver a lista dos municípios enquadrados na Regra 0-0.

Com exceção desses municípios enquadrados na Regra 0-0, as demais prefeituras e associações regionais têm 36 horas para apresentar recurso.

Os pedidos de reconsideração serão avaliados pelas equipes técnicas do governo. A decisão será tomada pelo Gabinete de Crise na segunda-feira 03/08, e, à tarde, o mapa definitivo, vigente a partir de terça, 04/08, será divulgado.

 




Curta o SERRANOSSA