Geral
28/08/2020 11:25:11, escrita por Eduarda Bucco

Jean Keller Poloni, JP Tattoo, é referência entre jogadores do Brasil e do mundo

Há seis anos atuando como tatuador, Jean Keller Poloni, o JP, é referência no ramo em Bento Gonçalves e região. Foi brincando de desenhar que ele encontrou na profissão um talento e uma paixão. “Em 2014 eu participei de uma convenção de tatuadores em Tramandaí. Foi ali que vi mais de perto o mundo da tatuagem e fui incentivado por profissionais reconhecidos. Fiquei um tempo estudando e tatuando durante o dia e, à noite, trabalhando em uma empresa. Fui aguentando na empolgação, mas chegou um ponto que fiquei muito cansado e tive que escolher”, conta. 


Foto: Luis Cortelini

Desde então, JP tem aprendido e atuado com profissionais de renome, fazendo com que seu trabalho se torne referência, inclusive, entre personalidades reconhecidas mundialmente. Foi em 2016, quando começou a atuar em uma barbearia na Planalto, que o talento do tatuador rompeu fronteiras. “Em função do Hotel Viverone, que hospeda jogadores [de futsal e futebol de campo] que vêm competir na região, comecei a conhecer essa galera. O primeiro que tatuei foi o Bruno Rafael, que na época jogava na ACBF e na seleção brasileira. Através dele, comecei a conhecer mais jogadores”, revela JP. 


Foto: JP, técnico da seleção brasileira Marquinhos e Bruno Rafael

Para Bruno Rafael, mais que um profissional talentoso e de confiança, JP se tornou um grande amigo. “É difícil marcar um horário, mas mesmo demorando, não deixo de fazer uma tattoo com ele. Além da criatividade que ele tem em bolar na hora [um desenho], é um profissional que passa muita confiança. E é isso que alguém que gosta bastante de tatuagem, que gosta da arte, procura”, declara o jogador. 

Com o talento do tatuador estampado na pele de Bruno Rafael, ficou fácil conquistar a confiança e o carinho de outras personalidades. JP já tatuou jogadores renomados de futsal como Rafa Santos, Mithyuê, Felipe Valério, Grilo, Guitta, Valdin e Murilo Saad, além dos jogadores de futebol de campo como Neilton, Zeca, Rossi, Juninho, Léo Ortiz, Wesley e Barreto. “Acaba sendo uma brincadeira, um momento espontâneo para colocar o papo em dia e dar umas risadas. Se torna uma resenha. Então além de tudo, é a amizade”, comenta Bruno Rafael. 





JP conta que, quando começou a tatuar, pensava em focar no estilo Old School, mas foi o talento no retrato que trouxe um diferencial ao seu trabalho. “Fiz uma foto do Crioulo [cantor] e ficou muito boa por ser a primeira. Então me empolguei. Quando comecei nessa dos jogadores de futsal, fiz uma tatuagem do Falcão [jogador] e postei no Instagram. Marquei ele e ele comentou, dizendo que gostou muito. Através disso comecei a estudar e me animar cada vez mais”, conta o tatuador. 

JP já percorreu diversos Estados do país para levar o seu trabalho a figuras reconhecidas no esporte e em outras áreas, como foi o caso do ator e cantor Micael. 


Jogador Neilton, JP e Micael. Foto: Arquivo pessoal
 

“Muita galera acha que a tatuagem não é uma arte e acaba procurando por preço, porque quer apenas ter uma tattoo nova, uma tendência do momento. Mas é algo muito maior e complexo, que varia muito de pele para pele. Tentar passar o que tu vai fazer para a pessoa, fazer ela imaginar [o desenho] também é muito difícil. A gente sempre tem que estar aprendendo alguma coisa. Até hoje tenho dificuldades em alguns trabalhos que executo. O cliente sempre acha incrível, mas eu sempre vejo algo para melhorar. Temos que estar sempre estudando e se atualizando”, analisa. 

Conquistando cada vez mais credibilidade no país, JP afirma que novidades serão anunciadas em breve. Atualmente, o tatuador está atendendo na rua General Goes Monteiro, 290, bairro São Francisco. “Mas por pouco tempo. Em breve haverá novidades e um novo endereço”, adianta. 


Foto: Luis Cortelini
 

Seu trabalho pode ser conferido pelo Instagram @jpoficial_bg. “É bacana quando tu chega em um ponto em que teu trabalho se torna referência. O cliente deixa nas tuas mãos, porque confia em ti. E a galera sai muito feliz, satisfeita com o resultado”, comemora.


 




Curta o SERRANOSSA